Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 9860-3221

Gangue desacata e agride policial e dois terminam presos

14 dezembro 2003 - 11h24

O casal Nilza Silvéria Pessoa, de 32 anos, e o policial militar Antonio Carlos Lobo, de 40 anos, foram xingados por uma gangue enquanto passavam de carro pelo cruzamento da Rua Três Lagoas com Rua Beirute, no bairro Santo Amaro, em Campo Grande, por volta das 21h40 de ontem.De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Civil, o policial saiu do carro para tomar satisfação e vários jovens começaram a agredi-lo. Sua esposa tentou ajuda-lo, mas também foi alvo da violência da gangue. Nilza sofreu ferimentos na cabeça, braços e pernas e seu marido no braço. Os jovens foram detidos e no caminho para o 1° DP (Departamento de Polícia) o assoalho do camburão ficou danificado. Claudia Lima, de 20 anos, confessou ter sido a autora de tal delito contra patrimônio público. O outro detido foi Leonardo Américo da Costa Aragão, de 19 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Laura Keller exibe barriga chapada e corpo torneado ao renovar o bronze
PONTA PORÃ
Motorista que dirigia para traficante na fronteira sobrevive a 9 tiros de fuzil
OBRIGAÇÕES
MPT recomenda suspensão de repasses ao Instituto Gerir
POLÍTICA
Reforma dos militares será decidida em reunião nesta quarta-feira
UEMS
Abertas inscrições para Programa de Bolsas para Jovens Professores
NOVA ALVORADA
Polícia prende dois homens com veículo roubado na rodovia MS-145
INTERNACIONAL
Bolsonaro diz que retorna com “a sensação de missão cumprida”
COSTA RICA
Juiz decreta preventiva de acusado de matar a mulher com machadinha
DOF
Operação prende sete integrantes de facção ligados ao tráfico de drogas
STJ
Puccinelli responderá acusações da Papiros de Lama em liberdade

Mais Lidas

FRONTEIRA
Homem é executado enquanto tomava tereré na frente de açougue
FRONTEIRA
Motorista que teria ligação com Pavão é executado a tiros e outro fica gravemente ferido
DOURADOS
Pai e madrasta de criança morta por agressão vão a júri popular
FARRA
Polícia é acionada após grupo fazer festa em motel e tentar sair sem pagar