Menu
Busca terça, 28 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
POLÍCIA

Foragido desde 2012, assassino passa festas de fim de ano em MS e é preso

16 janeiro 2020 - 14h05Por Redação

Policiais civis da Delegacia de Paranhos capturaram e prenderam o autor de um homicídio cometido no ano de 2012, naquela cidade, e que estava foragido no Paraguai desde então.

A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (16), depois que as autoridades foram informadas que o criminoso, de 34 anos, teria retornado à cidade para as festas de final de ano, tendo inclusive agredido uma pessoa a facadas.

Com informações obtidas, os policiais passaram a monitorar a área rural onde o mesmo habitava, conseguindo prendê-lo por força de um mandado de prisão preventiva.

Na época do crime, o homem teria vitimado um indígena, de 17 anos, que morava na aldeia Potrero Guassu, em Paranhos. A vítima foi alvejada por um disparo de arma de fogo próximo ao olho.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Paciente em surto arranca soro do braço e deixa UPA ensanguentada
JUDICIÁRIO
Plano de saúde incluirá criança sob guarda judicial como dependente
CAMPO GRANDE
Homem acusado de estuprar enteada de 11 anos foge após denúncia
DOURADOS
Secretário destaca esforço para garantir crianças em salas de aula
CAPITAL
Família procura por homem com alzheimer desaparecido a quatro dias
CRISE
Governo anuncia demissão do presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Identificado homem que morreu em capotamento provocado por anta na BR-060
ENSINO SUPERIOR
Resultado do Sisu 2020 é liberado após STJ atender recurso do MEC
POLÍCIA
Casal que levava carro roubado para fronteira é preso
JUSTIÇA
Companhia aérea indenizará passageiro por tratamento indevido

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
IVINHEMA
Confusão em posto termina com um morto e outro ferido por PM de folga
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois