Menu
Busca sábado, 18 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
MEIO AMBIENTE

Fazendeiro é multado em R$ 1,5 milhão por incêndio em área protegida

Fazendeiro é multado em R$ 1,5 milhão por incêndio em área protegida

28 setembro 2017 - 10h07

Policiais Militares Ambientais de Rio Negro, em fiscalização nas propriedades rurais do município de Aquidauana, na região do Paiaguás no Pantanal, autuaram nesta quarta-feira, dia 27 de setembro, um proprietário rural por provocar incêndio em área de reserva legal e agropastoril.

O incêndio teria se iniciado a partir de uma carvoaria, com 90 fornos, existente na propriedade e adentrou uma área de pastagem. Em seguida, o fogo atingiu as matas de reserva legal da fazenda, que se trata de área protegida por lei.

Toda a área incendiada perfez 1.500 hectares medidos em GPS pelos Policiais. A PMA efetuou um auto de infração administrativo e aplicou multa de R$ 1.500.000,00 contra o pecuarista, de 63 anos, residente em Aquidauana.

Ele também responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de dois a quatro anos de reclusão. Caso se comprove que a incêndio foi culposo (sem intenção), a pena é de seis meses a um ano de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Giovanna Ewbank exibe bumbum e impressiona fãs com biquíni cavado
MATO GROSSO DO SUL
Cassems aparece no ranking das melhores e maiores empresa do Brasil pelo 10º ano consecutivo
INDÚSTRIA 4.0
Realidade aumentada é alternativa para aumentar produtividade do trabalhador
ELEIÇÕES 2018
Comitê da ONU pede que Lula participe de eleição
EDUCAÇÃO
Capacitação para quem atuará no Enem em MS acontece amanhã
PANTANAL
Acesso à MS-228 entre Lampião Aceso e MS-184 é liberado parcialmente
ECONOMIA
Seguradora lança programa de emprego para beneficiários do DPVAT
ELEIÇÕES 2018
TSE nega novo pedido de Lula para participar de debate na TV
COTAÇÃO
Dólar sobe e termina a semana acima de R$ 3,90
CONTRABANDO
PM apreende carga de cigarros e volume de apreensões bate recorde no ano

Mais Lidas

DOURADOS
Defesa questiona "condenação social" e diz que pai de criança não tem ligação com morte
DOURADOS
À espera da audiência de custódia, envolvidos em morte de criança permanecem em delegacia
DOURADOS
Casal acusado de matar criança tem prisão preventiva decretada pela Justiça
DOURADOS
Delegado aguarda laudo para saber se bebê internado no HU foi agredido