Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
MEIO AMBIENTE

Fazendeira é multada em R$ 5 mil por degradação de matas ciliares

18 outubro 2017 - 08h04Por Da Redação

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Corumbá realizava fiscalização fluvial no Rio Paraguai Mirim, quando verificou em uma fazenda a derrubada da vegetação dentro da área protegida de preservação permanente (APP) de matas ciliares do rio.

A proprietária da fazenda executara o desmatamento sem autorização ambiental. No local da derrubada da vegetação havia vestígio de incêndio, porém, a autora afirmou que o fogo penetrou na área e que ela não teria feito uso do fogo no local.

A PMA interditou as atividades e a fazendeira (43) foi autuada administrativamente e multada em R$ 5.000,00 pelo desmatamento de área protegida ilegalmente.

Ela também responderá por crime ambiental de degradar área de preservação permanente (APP) e, se condenada, poderá pegar pena de detenção de um a três anos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Mariana Rios renova o bronza em cenário de tirar o fôlego no Rio
POLÍCIA
Dupla é presa dinheiro e documentos falsos no aeroporto da Capital
BRASIL
Senado aprova projeto que proíbe casamento de menores de 16 anos
JUSTIÇA
Fabricantes de laticínios devem pagar R$ 18 mil por calote em conta de luz
TRÁFICO
Trio é preso com mais de meia tonelada de cocaína
COXIM
Idosa de 80 anos é agredida a pauladas por jovem que invadiu casa
ESPORTE
Funed conclui elaboração de calendário anual de atividades esportivas
APOSENTADORIA
Bolsonaro fará pronunciamento na TV para defender reforma da Previdência
PROJETO
UFGD seleciona shows musicais para o projeto Celebração 2019
CAMPO GRANDE
Júri é suspenso após advogada chorar e ameaçar suicídio

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura