Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 9860-3221
PONTA PORÃ

Ex-primeira dama é rendida por casal em moto e tem Jeep roubado

06 outubro 2017 - 08h47Por Da Redação

A ex-primeira dama de Ponta Porã, Kátia Fabíola, casada com Ludimar Novais (PPS), foi abordada e roubada por um casal de assaltantes, na noite desta quinta-feira, dia 05 de outubro, em frente de casa dela, na fronteira, com o Paraguai.

Kátia estava com a filha que não teve a idade divulgada, em um Jeep Compass, de cor vermelha em frente de casa, quando uma mulher pilotando uma motocicleta e um homem armado, chegaram no local.

Segundo informações do site Porã News, o homem agiu com extrema violência, roubou os pertences das duas e entrou no carro, indo para Pedro Juan Caballero. A mulher o seguiu com a moto.

Assaltos

Uma onda de assaltos nos últimos dias em Ponta Porã, tem assustado os moradores. Ainda conforme o site Porã News, os assaltantes têm agido com toda a tranquilidade, colocando a vida de moradores em risco.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PESQUISA
Preço do gás de cozinha varia até 17,6% em Dourados
TRANSPORTE DE PASSAGEIROS
Transportadora tem serviços suspensos parcialmente
FUTEBOL
Palmeiras, Grêmio e São Paulo estreiam hoje na Copa do Brasil
BRASIL
Após reforma da Previdência governo quer avançar em privatizações
PROPOSTA
Qualidade da água poderá ser monitorada em MS para identificar causadores de câncer
IMPOSTO
Última parcela do IPVA 2019 vence no dia 31 de maio
TRILHA
Gabriela Rocha e Rafael Santeramo vencem o Desafio da Boiadeira em Bonito
DOURADOS
Choque não encontra túnel e realiza pente-fino na PED
TRÁFICO
Jovem é presa com maconha em mala dentro de ônibus
BRASIL
Em 6 anos, pessoas que se dizem pretas aumentam em todo o país

Mais Lidas

DOURADOS
Presos fazem motim na PED em ala ocupada por membros de facção criminosa
POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
ACIDENTE
Motociclista avança preferencial, colide com outra moto e morre
EDUCAÇÃO
Greve atinge escolas em Dourados e prejudica merenda, inspeção e limpeza