Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Ex-jogador acusado de homicídio doloso é preso em Jardim

10 junho 2011 - 06h48

A Polícia Civil cumpriu nesta quinta-feira (9) em Jardim, cidade distante 240 quilômetros de Campo Grande, mandado de prisão preventiva contra um ex-jogador de futebol de 24 anos acusado de homicídio doloso. O crime teria sido praticado em fevereiro deste ano em Rio Brilhante, a 190 quilômetros de Jardim.

O ex-atleta formou-se nas categorias de base de um time de Campo Grande e chegou a atuar como profissional em equipes da Série A do Campeonato Sul-Mato-Grossense em Dourados e Rio Brilhante, antes de abandonar o futebol há mais de um ano. De acordo com a polícia, o rapaz trabalhava em Jardim, onde morava com os tios, e não ofereceu resistência à prisão.

De acordo com o advogado de defesa Sidney Foroni, o cliente nega a autoria do crime e só foi preso porque teria deixado de avisar à justiça que sairia de Rio Brilhante, onde responde a processo. O ex-jogador deve ser ouvido em audiência na Vara Criminal de Rio Brilhante em 15 de junho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Mulher que entrou em briga de casal e matou homem diz que foi acidente
FUTEBOL
Aquidauanense vence o Operário na abertura das quartas do Estadual
DOURADOS
Agehab vai aos bairros para regularização de loteamentos sociais
PONTA PORÃ
Adolescente é apreendida com maconha que levaria para São Paulo
LUTO
Ator e diretor Domingos Oliveira morre aos 83 ans no Rio de Janeiro
FUTEBOL
Paquetá marca, mas Brasil só empata com Panamá em amistoso
BRASIL
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento
IVINHEMA
Médico veterinário morre em acidente de moto na MS-276
CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia