Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Emoção marca a despedida de empresária morta em acidente

06 junho 2011 - 13h08

Foi marcado por grande emoção o velório e o enterro da empresária douradense Raquel Romon Martins, 51 anos, morta neste domingo por volta das 10h30min vitima de acidente automobilístico.

O acidente aconteceu no cruzamento entre as ruas Humberto de Campos e Oliveira Marques , na Vila Maxwell. A vítima era proprietária da frutaria São Mateus em Dourados.

Raquel conduzia um veículo Toyota Corola, de cor preta, com placas DDM 4981, quando se envolveu em um acidente com o caminhão Wolks modelo 850 com placas IKL 6852 de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, que era conduzido por Evandro Artman Marques, de 24 anos.

Mesmo socorrida e conduzida rapidamente ao Hospital Evangélico, ela não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Raquel Romon Martins era uma pessoa bem quista pela população douradense. Durante o velório foram muitas as manifestações de pessoas lamentando o seu passamento.

Uma mulher extraordinária, dedicada e de atitudes exemplares em todos os sentidos, lamentou o empresário Sergio Braga, afirmando que Raquel era uma mulher religiosa e dedicada aos trabalhos sociais.

Os pêsames aos familiares e amigos pela perda prematura e irreparável, desta guerreira e lutadora incansável, que vai deixar uma grande lacuna na sociedade douradense.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
PARAGUAI
Sobrinho de prefeito foi executado por terroristas com 11 tiros
FUTEBOL
Brasil vence Camarões por 1 a 0 no último amistoso do ano
EDUCAÇÃO
Enem vai mudar e terá dias de prova geral e específica, diz ministro
FUTEBOL
Datas e regulamento do Estadual mudam um dia após arbitral
DOURADOS
Comafro promove atividade pelo Dia da Consciência Negra
CULTURA
Filme de MS conquista dois prêmios em festival internacional de cinema
OMISSÃO DE SOCORRO
MPF quer abertura de inquérito policial para apurar atropelamento de crianças em MS
BRASIL
Mandetta compara contratos do Mais Médicos a convênio entre Cuba e PT
ARTIGO
Como somos frágeis

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela