Menu
Busca segunda, 21 de maio de 2018
(67) 9860-3221
TRIBUNAL DE CONTAS

Dupla que roubava jóias também agiam em MS

13 maio 2011 - 11h08

Os cantores sertanejos Rodrigo e Dudu di Valença, ou na verdade Altair Leles Parreiro e Altemir Cândido Parreiro, que foram presos em flagrante na última terça-feira, em Ibitinga estado de São Paulo acusados de furtos em joalherias também teriam agido em Mato Grosso do Sul.

A informação é do chefe de investigação da Polícia Civil de Ibitinga, Marco Roberto Vasconcelos. A dupla teria sido reconhecida por mais de 50 pessoas em diversos Estados, incluindo o MS, sob acusação de furto. "À medida que a notícia ganhava a mídia nacional, 'choviam' denúncias" afirmou o investigador. Agora a polícia busca o paradeiro dos receptadores de jóias.

O advogado dos sertanejos, David Zanelato, ingressou ontem com pedido de habeas-corpus no Fórum de Araraquara (SP), amparado na afirmativa de que a dupla tem bons antecedentes, informação refutada pela Polícia Civil de Ibitinga, segundo a qual Altemir, o Dudu teria sido condenado a 5 anos de prisão, em 1999, por estelionato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Caravana nas Escolas auxilia na identificação de alunos com problemas de saúde
PREVISÃO
Temperatura volta a ficar abaixo de 10ºC e semana será de frio em Dourados
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Produtor rural é multado em R$5 mil por desmatamento ambiental
MUNDO NOVO
Homem sobrevive após ser atingido por oito tiros
FUTEBOL
17 dos 23 convocados para a Copa se apresentam nesta segunda
SHOWBIZ
Dama de vermelho: Carol Dieckmann surge poderosa em foto
JARDIM PANTANAL
Homem é baleado após ser cercado por grupo
IMASUL
Seleção para analista e técnico com salário de R$ 2,6 mil termina hoje
CRIME AMBIENTAL
Turistas paulistas são presos por pesca e transporte de pescado
ELEIÇÕES
Maduro é reeleito na Venezuela em votação contestada por opositores

Mais Lidas

BR-163
Caminhonete carregada com maconha é encontrada abandonada em posto de Dourados
CAMPO GRANDE
Chefe de quadrilha investigada pela PF foge de presídio
PEDRO JUAN
Mulher é executada a tiros na fronteira
DOURADOS
Mão cortada denuncia homem que quebrou porta de vidro para furtar loja no Centro