Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Dupla que roubava jóias também agiam em MS

13 maio 2011 - 11h08

Os cantores sertanejos Rodrigo e Dudu di Valença, ou na verdade Altair Leles Parreiro e Altemir Cândido Parreiro, que foram presos em flagrante na última terça-feira, em Ibitinga estado de São Paulo acusados de furtos em joalherias também teriam agido em Mato Grosso do Sul.

A informação é do chefe de investigação da Polícia Civil de Ibitinga, Marco Roberto Vasconcelos. A dupla teria sido reconhecida por mais de 50 pessoas em diversos Estados, incluindo o MS, sob acusação de furto. "À medida que a notícia ganhava a mídia nacional, 'choviam' denúncias" afirmou o investigador. Agora a polícia busca o paradeiro dos receptadores de jóias.

O advogado dos sertanejos, David Zanelato, ingressou ontem com pedido de habeas-corpus no Fórum de Araraquara (SP), amparado na afirmativa de que a dupla tem bons antecedentes, informação refutada pela Polícia Civil de Ibitinga, segundo a qual Altemir, o Dudu teria sido condenado a 5 anos de prisão, em 1999, por estelionato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

19 anos
Camisetas ingresso da 2ª Peixada do Dourados News estarão a venda na Unigran Net MasterClass
DOURADOS
Suspeito de matar pai e filho e atear fogo nos corpos é preso
CRIME AMBIENTAL
Homem é multado em R$ 7 mil por desmatamento
TEMPO
Sem chuvas há 15 dias, calor e baixa umidade permanecem em Dourados
DOURADOS
Pai e filho podem ter sido mortos após bebedeira no Panambi
DECORAÇÃO
Preguiça / medo de decorar? Deixe o papel de parede fazer o trabalho por você!
BR-463
Polícia encontra quase 300kg de maconha dentro de veículo
OPERAÇÃO BREAKING BAD
Antes de ser levada à São Paulo, cocaína passava por laboratório em MS
BRASIL
Projeto que amplia posse de arma no campo é sancionado
BARBÁRIE
Casal é preso suspeito de espancar bebê de 1 ano e 7 meses até a morte

Mais Lidas

DOURADOS
Carro roleta Marcelino, bate em moto e deixa jovem ferida
EMPREENDENDO NO BAIRRO
Distante 8 km do Centro, moradores do Parque II só sentem falta de lotérica no comércio do bairro
IVINHEMA
Pescador encontra cadáver às margens de rio e informa a Polícia
FRONTEIRA
Empresário brasileiro atacado por pistoleiros não resiste a ferimentos e morre