Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
MEIO AMBIENTE

Dono de rancho é autuado por construção ilegal à margem de rio Miranda

31 outubro 2017 - 09h31Por Da Redação

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais do Grupamento de Águas do Miranda, em Bonito, em fiscalização ambiental no município, localizou às margens do rio Miranda, o desmatamento das matas ciliares para a realização de uma obra.

O proprietário de um rancho pesqueiro, residente em Sebastianópolis do Sul, no interior de São Paulo, realizou a derrubada de vegetação da área de preservação permanente (APP) de mata ciliar, sem autorização do órgão ambiental.

O desmatamento foi realizado para a construção de uma escada em alvenaria de 2 metros de largura por 20 metros de comprimento, inclusive, com corte de barranco do rio, o que aumenta o risco de erosão de margem. As atividades foram interditadas.

O infrator de 53 anos foi autuado administrativamente e multado em R$ 5.000,00 pela construção ilegal. O autuado também responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de detenção, de um a três anos de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Sete caminhões de entulho são retirados de distrito em mutirão contra o Aedes
ASSEMBLEIA
Proposta permite incluir nome de cônjuge nas faturas de água, luz, gás e telefone
EX-PREFEITO
Assembleia declara luto oficial de três dias em razão da morte de Dirceu Lanzarini
PROCON
Sul-mato-grossenses já bloquearam mais de 35 mil números usados por telemarketing
ECONOMIA
Juros do cheque especial chegam a 165,6% ao ano em janeiro
MÚSICA
Trio douradense lança novo vídeoclipe: I wanna be; veja clipe
DOURADOS
Estagiários convocados para os Ceim's devem se apresentar amanhã
DOURADOS
Educadores mantêm greve parcial até prefeitura completar quadro de auxiliares
ARQUITETURA & DESIGN
Transformando lavanderias em lugares agradáveis por Juliana Saraiva
STF
OAB questiona resolução do CNJ que trata da presença de advogados em audiência de conciliação

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira