Menu
Busca quinta, 21 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
PEDRO JUAN

Dois são executados dentro de veículo na fronteira

13 julho 2019 - 08h45Por Da Redação

Dois homens foram executados na madrugada deste sábado (13/7) na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil através de Ponta Porã. O fato ocorreu por volta das 2h. 

Conforme a rádio Futura FM, o crime ocorreu no cruzamento das ruas Caros Antonio Lópes e Maeiscal José Féliz Estigarribia, no bairro Perpétuo Socorro. 

As vítimas foram identificadas como Pablo Augusto Ramírez Bareiro, conhecido como Toti e Robson Giovanni Acosta Perez. 

Ainda de acordo com o site, os dois trafegavam num Nissan Skyline pela rua Carlos Antônio Lopez, quando foram interceptados por dois pistoleiros em uma caminhonete que efetuaram os disparos. 

À rádio, familiares contaram que os jovens vinham sofrendo ameaças. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Homem é preso tentando pagar conta de água com dinheiro falso
MATO GROSSO DO SUL
Nota MS Premiada é aprovada em 1ª discussão na Assembleia
AMAMBAI
Equipe indígena participa pela segunda vez dos Jogos Escolares da Juventude
BRASIL
Senadores podem apoiar PEC para disciplinar prisão em 2ª instância
DOURADOS
Homem é preso e multado em R$ 7 mil por pássaros em gaiolas
EDUCAÇÃO
MEC anuncia três escolas militares em Mato Grosso do Sul
LEGISLATIVO
Assembleia recebe três projetos do Poder Executivo
ESTRUTURA DE GOVERNO
Governo Presente continua reuniões durante a tarde em Dourados
DOURADOS
“Nota Dourada” é aprovada pela Câmara e deve ser lançada pela prefeita ainda este ano
SAÚDE PÚBLICA
“Estamos completamente em dia com Dourados”, diz Geraldo sobre repasses

Mais Lidas

TENTATIVA DE FEMINICÍDIO
Ex esperou mulher chegar de curso para tentar matá-la no Estrela Verá
DOURADOS
Corregedoria abre sindicância para apurar ação da Guarda que terminou em morte
DOURADOS
Secretaria de Saúde contrata pessoal para limpeza com salários de R$ 1 mil a R$ 1,4 mil
JÚRI POPULAR
Primeira tentativa de feminicídio do ano ocorre às vésperas de julgamento por crime de 2018