Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Diretor da Polícia Federal pede que grevistas evitem excessos

12 dezembro 2003 - 14h36

O diretor da Polícia Federal, Paulo Lacerda, afirmou nesta sexta-feira que as negociações salariais entre a Federação Nacional dos Policiais Federais e o governo devem se prolongar até o ano que vem. Para Lacerda, com a proximidade do recesso parlamentar e dos feriados de Natal e Ano Novo dificilmente haverá avanços nas negociações entre o comando de greve e o Ministério do Planejamento.Lacerda disse esperar que os líderes do protesto mantenham o controle e evitem excessos. "Qualquer ato de intransigência ou de violência representaria a quebra de um princípio da atividade policial", disse Lacerda, ao participar da solenidade de formatura de 533 policiais federais na Academia Nacional de Polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
ASSEMBLEIA
Proposta quer que inadimplente possa quitar débito no ato de interrupção do serviço
FIM DO PRAZO
Cartório Eleitoral reforça convocação de eleitores para cadastro biométrico
LUZ DA INFÂNCIA
Operação contra exploração sexual infantil contabiliza 38 prisões
TRÁFICO
Droga que seria levada ao MT é apreendida em ônibus
DOURADOS
Maconha apreendida na Presidente Vargas seria levada ao interior de SP
FISCALIZAÇÃO
Procon notifica 40 postos de Dourados para saber detalhes sobre aumento da gasolina
TRÁFICO
Cocaína que saiu de Dourados é apreendida em operação no Paraná
DOURADOS
Hemocentro não terá atendimento nos dias de Carnaval

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros