Menu
Busca quarta, 21 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Delegado de Fátima do Sul participa de treinamento do FBI

07 junho 2011 - 07h34

O delegado da Primeira Delegacia de Polícia de Fátima do Sul, Messias Furtado de Souza participou de um treinamento de Combate à Crimes contra Criança e Adolescentes Facilitado pelo Computador ministrado por Agentes do FBI e da Real Polícia Montada do Canadá que foi promovido pelo Centro Internacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas, ICMEC em Brasília nos dias 02 e 03 de junho.

O ICMEC é uma organização não governamental de abrangência Internacional destinada a localizar crianças desaparecidas e exploradas no mundo inteiro. Referido órgão lidera um movimento global para proteger crianças da exploração sexual e seqüestro. Hoje o ICMEC oferece suporte, treinamento e especialização para governos, agentes da lei (polícias), legisladores, membros da indústria, e sociedade civil no mundo inteiro, com um único objetivo em mente: tornar o mundo um lugar mais seguro para todas as crianças.

Em dezembro de 2003, o ICMEC, em conjunto com a Interpol e com o apoio generoso da Microsoft, lançou uma iniciativa de cinco anos para o treinamento de agentes da Polícia, autoridades legais e outros profissionais de todo o mundo em técnicas de investigação de casos de exploração infantil na Internet. O ICMEC vem ainda trabalhando com a Microsoft para trazer o Sistema de Monitoramento da Exploração Sexual Infantil (CETS ou Child Exploitation Tracking System, em inglês) para as agências policiais em todo o mundo.

O CETS é uma poderosa ferramenta de software projetada para gerenciar e melhorar as investigações, permitindo a comunicação, pesquisa e interação entre policiais de todo o mundo e o compartilhamento e colaboração em investigações relacionadas com a exploração sexual infantil on-line, para que mais crianças sejam resgatadas e mais agressores sejam presos e condenados.

O CETS está atualmente em uso na Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, Espanha, Indonésia, Itália, Romênia, e Reino Unido, com previsão de expansão para a implementação futura deste software em outros países.

O primeiro seminário de capacitação Crimes Cibernéticos Contra Crianças foi concebido para proporcionar a policiais e autoridades responsáveis de todo o mundo as ferramentas e técnicas necessárias para investigar os casos relacionados com a exploração infantil na Internet. Esta iniciativa foi lançada em dezembro de 2003 na sede da Interpol em Lyon na França.

E foi exatamente dentro dessa proposta de oferecer suporte e treinamento que, com o auxilio da Divisão de Direitos Humanos do Departamento de Polícia Federal em conjunto com o Instituto Nacional de Criminalística é que esse importante treinamento pode ser realizado no Brasil e contou com a participação de policiais civis e federais, juízes de direito, promotores de justiça e membros das Defensorias Públicas. O principal objetivo do curso foi o de apresentar aos responsáveis pelas investigação e operadores do direito ferramentas modernas e eficazes no combate à exploração infantil facilitada pela rede mundial de computadores em todas as suas formas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Ana Morais, caçula de Glória Pires aproveita o feriado na piscina
POLÍTICA
Senado aprova aumento de multa para quem desistir de imóvel na planta
DESCAMINHO
PRF prende dupla transportando 6,4 mil maços de cigarros na BR-163
OAB MS
Mansour Karmouche é reeleito para comando da OAB/MS
FUTEBOL
Santos deve manter Dodô e pode perder Vanderlei para o Flamengo
ELEIÇÕES
Alexandre Mantovani é eleito presidente da OAB em Dourados
IVINHEMA
Mulher morre após sofrer queda de motocicleta em estrada vicinal
POLÍTICA
Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
DOURADOS
UEMS realiza simpósio e comemora 10 anos de Educação a Distância
PESQUISA
Relatório inédito prova que ondas de celulares causam câncer em ratos

Mais Lidas

BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
DOURADOS
Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
FAZENDA
Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado e executado no Paraguai
TRAGÉDIA
Adolescente morre eletrocutado em Dourados