Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Defesa quer anular julgamento de PRF condenado por matar empresário

20 junho 2019 - 14h00Por Da redação

Os advogados do policial rodoviário federal Ricardo Moon, condenado a 23 anos de prisão pela morte do empresário Adriano Correia do Nascimento e duas tentativas de homicídio durante briga de trânsito, querem que a Justiça anule o julgamento do réu por "vícios" no processo.

Segundo o Campo Grande News, o recurso, que ainda lista 12 mentiras, foi anexado ao processo que tramita na 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande e será remetido ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Conforme os advogados Rene Siufi e Honório Suguita, a manifestação dos jurados foi manifestamente contrária às provas contidas nos autos.

Conforme o site, a defesa considera que o julgamento foi “viciado” pela mídia social. “Assim, de maneira inconsciente, já bombardeado pela notícia de jornais e da mídia eletrônica, condenaram o apelante sem apoio nas provas dos autos”.

Em 61 páginas de apelação criminal, os advogados rememoram o dia do crime, 31 de dezembro de 2016, citam contradições no depoimento das vítimas Agnaldo Espinosa da Silva e Vinícius Cauã Ortiz Simões, o aparecimento de flambadores na caminhonete do empresário e a ação de legítima defesa do policial, diante do risco de ser atropelado. A defesa pede que seja determinado um novo julgamento.

No dia 30 de maio, por maioria dos votos, os jurados – cinco homens e duas mulheres - decidiram pela condenação do policial pela morte do empresário e pelas tentativas de homicídio contra Agnaldo e Vinícius. O policial conduzia um veículo Mitsubishi Pajero, enquanto Adriano estava em uma caminhonete Toyota Hilux. O crime foi na avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande.

O policial alegou legítima defesa e que fez os disparos para cessar uma tentativa de atropelamento. Ele chegou a ser preso após o crime, usou tornozeleira eletrônica e respondeu ao processo em liberdade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPASSE
Representantes da UFGD recorrem à bancada federal para nomeação de reitor
10 MESES
Bombeiros encontram mais um corpo da tragédia em Brumadinho
INVENTÁRIO
Juiz da Capital pode estar ligado a mais um esquema de corrupção
UEMS
Dourados sedia na próxima semana o IV Congresso de Línguas
INTERNACIONAL
Incerteza sobre 4º mandato de Evo marca eleição amanhã na Bolívia
Céuzinho
Jovem sobrevive após cair de altura de 20 metros em cachoeira
JUDICIÁRIO
Gilmar Mendes suspende lei municipal que barrava ensino de gênero
CAPITAL
Aquaplanagem pode ter causado acidente que matou violeiro, diz motorista
UEMS
Semana Técnica de Computação começa segunda-feira em Dourados
CRIMINOSOS
‘Escritório’ da falsificação: Preso tinha contratos com grupo de estelionatários

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado tomba veículo na Joaquim Teixeira Alves
DOURADOS
Além de droga, pente-fino na PED encontrou cachaça, roteador de internet e ‘sky gato’
DOURADOS
Alvo de furtos e abusos no trânsito, avenida passa a ser monitorada por câmeras
PONTA PORÃ
Empresário é executado por pistoleiros na fronteira