Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
FATALIDADE

Corpo de douradense é encontrado no rio Aquidauana

18 junho 2019 - 11h32Por Da redação

Foi encontrado na manhã desta terça-feira, pelo Corpo de Bombeiros, o corpo do douradense Pedro Vilalba Neto, de 25 anos, que havia desaparecido no rio Aquidauana no domingo (16).

Segundo o site O Pantaneiro, bombeiros relataram que o corpo da vítima estava a cerca de 200 metros abaixo da ponte de ferro, em Anastácio, perto de onde havia desaparecido na água.

A perícia da Polícia Civil foi acionada para colher informações no local. A suspeita é de que Pedro tenha boiado e se enroscado na vegetação.

O corpo será encaminhado para laudo necroscópico no Instituto Médico Legal (IML), para confirmar as causas da morte, antes de ser liberado à família para sepultamento.

Conforme o site, ele entrou na água a cerca de 400 metros acima da ponte de ferro, se afogou e não foi mais visto. O trabalho de buscas teve início do mesmo dia. 

O rapaz teria ido até Aquidauana para visitar familiares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPASSE
Representantes da UFGD recorrem à bancada federal para nomeação de reitor
10 MESES
Bombeiros encontram mais um corpo da tragédia em Brumadinho
INVENTÁRIO
Juiz da Capital pode estar ligado a mais um esquema de corrupção
UEMS
Dourados sedia na próxima semana o IV Congresso de Línguas
INTERNACIONAL
Incerteza sobre 4º mandato de Evo marca eleição amanhã na Bolívia
Céuzinho
Jovem sobrevive após cair de altura de 20 metros em cachoeira
JUDICIÁRIO
Gilmar Mendes suspende lei municipal que barrava ensino de gênero
CAPITAL
Aquaplanagem pode ter causado acidente que matou violeiro, diz motorista
UEMS
Semana Técnica de Computação começa segunda-feira em Dourados
CRIMINOSOS
‘Escritório’ da falsificação: Preso tinha contratos com grupo de estelionatários

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado tomba veículo na Joaquim Teixeira Alves
DOURADOS
Além de droga, pente-fino na PED encontrou cachaça, roteador de internet e ‘sky gato’
DOURADOS
Alvo de furtos e abusos no trânsito, avenida passa a ser monitorada por câmeras
PONTA PORÃ
Empresário é executado por pistoleiros na fronteira