Menu
Busca quinta, 21 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
CASSILÂNDIA

Compressor de ar explode e mata técnico que consertava equipamento

10 novembro 2017 - 06h24Por Da Redação

A explosão do compressor de ar de uma borracharia de Cassilândia, matou um homem identificado como Ricardo Simon, 51, na tarde de quinta-feira, dia 09 de novembro. Com o impacto, o corpo do homem teria sido arremessado contra a parede do estabelecimento.

De acordo com o Cassilândia News a borracharia fica às margens da rodovia MS-305 e a vítima havia ido até o local para consertar o compressor de ar utilizado pelos borracheiros.

À polícia, uma testemunha que estava em uma cadeira do lado de fora da borracharia contou que viu o momento da explosão.

Por conta da força da explosão, peças do motor do compressor foram parar no teto da borracharia. 

O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEXTA-FEIRA
Chuva de meteoros poderá ser vista nesta madrugada em todo o Brasil
COXIM
Carreta com 200 porcos tomba na BR-163 e animais morrem em acidente
ECONOMIA
Brasil registra criação de 70,8 mil postos de trabalho em outubro
CAPITAL
Homem caminha entre carros, provoca acidente e acaba amarrado
LOTERIA
Problemas operacionais adiam sorteio da Lotofácil de ontem para hoje
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após passar de R$ 4,22 nesta quinta
DOURADOS
Vereadores apresentam demandas de infraestrutura e saúde em reunião do ‘Governo Presente’
HABITAÇÃO
Agehab lança licitação para construção de bases do Lote Urbanizado em Dourados
BRASIL
Bolsonaro envia projeto que amplia excludente de ilicitude à Câmara
DOURADOS
Carro desgovernado faz 'strike' em motociclistas na avenida Indaiá; veja vídeo

Mais Lidas

TENTATIVA DE FEMINICÍDIO
Ex esperou mulher chegar de curso para tentar matá-la no Estrela Verá
DOURADOS
Corregedoria abre sindicância para apurar ação da Guarda que terminou em morte
DOURADOS
Secretaria de Saúde contrata pessoal para limpeza com salários de R$ 1 mil a R$ 1,4 mil
JÚRI POPULAR
Primeira tentativa de feminicídio do ano ocorre às vésperas de julgamento por crime de 2018