Menu
Busca domingo, 22 de abril de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018
POLÍCIA

Civil alerta quanto a golpes de estelionato em Dourados

03 outubro 2017 - 17h05Por Gizele Almeida

Bandidos atuam com diversos golpes na intenção de “arrancar” dinheiro da população e uma situação destas foi registrada nesta segunda-feira (02), em Dourados. O “golpe do acidente/ ou do guincho” fez com que uma mulher de 44 anos perdesse cerca de R$ 3 mil em dinheiro após uma ligação fajuta.

Conforme explicou o delegado regional Lupérsio Degerone, a vítima recebeu o telefonema do criminoso que se passou por um sobrinho e pediu que ela depositasse um valor pois, o carro havia quebrado em viagem. 

“O bandido se passou por familiar e disse que estava indo visitar a ‘tia’ e o carro quebrou, usou a alegação de que o valor tinha que ser de imediato transferido por conta do guincho se não, ele não ia ser liberado para seguir viagem e assim obteve o depósito”, contou. 

Ele explica que o golpista passou dados que seriam da seguradora para que fosse realizado um depósito no valor de R$ 2.980, o que foi feito pela vítima por volta das 15h. Logo mais, às 17h, recebeu outra ligação com a informação de que o valor solicitado anteriormente estava errado e pediu mais R$ 3,5 mil. 

A mulher disse então que não poderia fazer outra transferência, pois, o banco estava fechado e ela já tinha ultrapassado o valor para transferência no caixa eletrônico. Após isso, ligou para o sobrinho ‘verdadeiro’ e constatou que o fato era inverídico. 

O delegado destaca que a checagem dos fatos tem que acontecer antes do depósito. 

“A pessoa tem que desligar o telefone, confirmar com quem o outro está dizendo ser sobre o assunto e então tomar alguma medida”, conta. 

O mais comum “alvo” desse tipo de ação são os idosos, conforme o delegado, pois costumam se abalar mais e agir na “inocência”. No entanto, todos devem estar em alerta pois, podem receber as ligações. 

Outros formas dos bandidos agirem para estelionato via telefone, são os golpes do sequestro e do troco. 
Degerone cita que, embora não com frequência, estas ações acontecem em Dourados. 

No primeiro, o bandido afirma estar com algum ente da família e pede dinheiro para liberação, o que imita um sequestro, mas na verdade, a suposta pessoa não corre riscos. 

Na segunda ação, ocorre a falsa compra de produtos, com depósito do valor dos mesmos em envelope vazio. Após isso, é feito o pedido de troco, por haver ‘engano’ com o valor e com isso o golpe. 

“Por exemplo, afirma-se que a secretária depositou R$ 3 mil quando na verdade a compra daria R$ 1,5 e pede-se o troco, o que é feito pela vítima que só depois poderá verificar que o envelope estava vazio”, explica. 

Em todos os casos, Degerone afirma que é preciso buscar constatar os fatos para posteriores ações. Caso haja dúvidas, é possível contatar a polícia civil para auxílio na situação. O telefone do 1°Distrito Policial de Dourados é:  3411-8060.  

O estelionato exige quatro requisitos, obrigatórios para sua caracterização: 1) obtenção de vantagem ilícita; 2) causar prejuízo a outra pessoa; 3) uso de meio de ardil, ou artimanha, 4) enganar alguém ou a leva-lo a erro. A pena varia de 1 a 5 anos de reclusão. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUU!!
De lingerie, Mel Fire posa sensual e garante ser totalmente natural
SÉRIE D
Ministério Público libera Morenão até o fim do Brasileirão
FLAGRANTE
Paulista é preso com maconha, skunk e haxixe na rodoviária
TRIBUTO
Faltam poucos dias para fim do prazo de entrega da declaração do IRPF. Tire suas dúvidas
IMAM
Indicações ao prêmio Troféu Marco Verde continuam abertas
CIRCUITO CAIXA
Paratleta de MS conquista medalhas de ouro em competição nacional
LEVANTAMENTO
Governo recebe estudos técnicos do projeto de concessão da Rodovia MS-306
BRASIL
Mudanças nas regras de financiamento podem aquecer mercado imobiliário
AGENDA
Reinaldo vem a Dourados na segunda para entrega de residencial
QUASE R$ 400 MIL
Pedro Chaves é o que mais usou verbas indenizatórias em MS

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Homem morre após cair com veículo em rio
JARDIM GUANABARA
Homem é preso acusado de abusar de criança em Dourados
CAMPO GRANDE
Mulher morre ao ser arremessada de caminhonete
DOURADOS
Adolescente que comprava maconha no Paraguai para revender é apreendido