Menu
Busca sábado, 19 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
FÁTIMA DO SUL/VICENTINA

Ciclista é atropelado e morre na MS-376

28 outubro 2017 - 08h00Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Acidente de trânsito registrado na noite de sexta-feira (27) na MS-376, entre os municípios de Fátima do Sul e Vicentina deixou uma pessoa morta. Francisco Amancio de Oliveira, 50, trafegava pela via quando foi atropelado por ônibus conduzido por homem de 35 anos, morador em Dourados.

De acordo com a ocorrência, por volta de 19h30 a vítima seguia sentido Vicentina, cidade onde mora, montado numa bicicleta quando, por circunstâncias ainda apuradas, acabou atingido pelo veículo.

O homem chegou a ser arrastado vários metros e sofreu diversas fraturas pelo corpo, morrendo no local.

O ônibus fazia o trajeto entre Dourados a Casa Verde e estava com 15 pessoas a bordo. Segundo o motorista, Francisco teria entrado em sua frente causando o acidente, porém, o caso é investigado pela polícia. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Explosão de oleoduto no México deixa pelo menos 20 mortos
OPORTUNIDADE
Projovem Urbano está com processo seletivo aberto para profissionais da área de educação
IVINHEMA
Homem denuncia roubo e moto é recuperada rapidamente
SEGURANÇA PÚBLICA
Ação policial "sitia" fronteira para evitar ataques criminosos
BRASIL
"Estou do lado da verdade", diz repórter que acusa Datena de assédio sexual
DOURADOS
Empresários pedem melhorias na geração de energia no Distrito Industrial
FUTEBOL
São Paulo e Santos entram em campo hoje no início do Paulistão
DOURADOS
Movimento prepara “carta de cassação” contra vereadores investigados por corrupção
BRASIL
OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019
CRIME AMBIENTAL
"Pescadores ninjas" tentam afundar embarcação e fogem de abordagem

Mais Lidas

POLÍCIA
Rapaz é preso acusado de realizar ‘disk-droga’ em Dourados
DOURADOS
Investigado por corrupção, Idenor Machado volta a ser preso
FAKE NEWS
Eleandro Passaia é chamado para depor em caso de morte de jogador Daniel
DOURADOS
Consumidores reclamam dos valores nas contas e prometem protesto contra a Energisa