Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905
BARBÁRIE

Casal é preso suspeito de espancar bebê de 1 ano e 7 meses até a morte

17 setembro 2019 - 15h20Por Gizele Almeida

Nesta segunda-feira (16), uma dona de casa de 23 anos e um pedreiro de 25 anos foram presos em flagrante suspeitos de espancar até a morte um bebê de 1 ano e 7 meses de idade. A mulher, mãe do bebê reside junto ao padrasto da criança no Acampamento Tricossi, em Mundo Novo, onde ambos foram presos após confirmação do óbito e constatação dos maus tratos sofridos pelo menor.

A vítima Pedro Bom Fim Oscar, 01, foi encaminhada ao Hospital de Mundo Novo pela mãe, com afirmação de que teria se afogado em casa, com água e necessitava de atendimento. 

Conforme a Polícia Civil, os médicos constataram que a criança apresentava um quadro de parada respiratória, que posteriormente evoluiu para outras duas paradas cardiorrespiratórias. A equipe médica tentou reanimar o bebê por uma hora, porém sem sucesso.

Em posse das informações, a Polícia Civil de Mundo Novo,  coordenada pela delegada Allana Zarelli, iniciou as apurações do caso. A criança foi submetida ao exame de corpo de delito e o perito médico-legista constatou que a morte se deu por choque hemorrágico, provocado por uma lesão no pâncreas. A perícia ainda concluiu que o bebê apresentava várias lesões tanto internas, quanto externas, características de maus tratos.

A Delegada Allana Zarelli, disse que diligências estão sendo realizadas para apuração de todas as circunstâncias do crime e que ainda aguarda resultado de laudos biológicos. 

“No momento nenhuma hipótese está descartada. Há lesões sugestivas de abusos sexuais, mas ainda é cedo para afirmarmos que tenha ocorrido. Por outro lado, há indícios suficientes de que os investigados concorreram para a morte da vítima, razão pela qual estamos lavrando auto de prisão em flagrante e representando pela prisão preventiva de ambos”, esclareceu a delegada.

Ainda conforme a Polícia Civil, no dia 22 de agosto, a criança foi levada pela família ao Hospital Municipal de Mundo Novo, com uma das pernas fraturada em dois lugares. Na ocasião os enfermeiros acionaram o Conselho Tutelar. A mãe disse que a criança havia se machucado no berço, quando provavelmente teria prendido a perna ao tentar descer.

O casal está junto há aproximadamente 8 meses. A dona de casa tem outros dois filhos, um de 5 e outro de dois anos, que assim como Pedro, são frutos de relacionamento anterior. Durante o dia as crianças ficavam na creche e somente o bebê era cuidado pela mãe.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIDROLÂNDIA
Homem é executado com 6 tiros durante partida de futebol
TEMPO
Sexta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
ENERGIA SOLAR
Porque investir em energia solar?
COSTA RICA
Menina de 3 anos dormia com a mãe que foi assassinada a facadas pelo ex
POLÍTICA
Bolsonaro diz que auxílio emergencial poderá ter a quarta parcela
JUDICIÁRIO
MP denuncia juiz por ter recebido propina para liberar precatórios
ENSINO SUPERIOR
Ainda sem data, Enem 2020 já tem 6,1 milhões de inscritos
TRÊS LAGOAS
Motociclista é atingida por linha com cerol e garotos que soltavam pipa fogem
ECONOMIA
Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular
CARTILHA
Tribunal de Justiça lança Guia de Boas Práticas para Pessoas com Deficiência

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
TRÁFICO
Servidor da Sesai usava veículo oficial para trazer maconha do Paraguai
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido