Menu
Busca domingo, 20 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
BARBÁRIE

Casal é preso suspeito de espancar bebê de 1 ano e 7 meses até a morte

17 setembro 2019 - 15h20Por Gizele Almeida

Nesta segunda-feira (16), uma dona de casa de 23 anos e um pedreiro de 25 anos foram presos em flagrante suspeitos de espancar até a morte um bebê de 1 ano e 7 meses de idade. A mulher, mãe do bebê reside junto ao padrasto da criança no Acampamento Tricossi, em Mundo Novo, onde ambos foram presos após confirmação do óbito e constatação dos maus tratos sofridos pelo menor.

A vítima Pedro Bom Fim Oscar, 01, foi encaminhada ao Hospital de Mundo Novo pela mãe, com afirmação de que teria se afogado em casa, com água e necessitava de atendimento. 

Conforme a Polícia Civil, os médicos constataram que a criança apresentava um quadro de parada respiratória, que posteriormente evoluiu para outras duas paradas cardiorrespiratórias. A equipe médica tentou reanimar o bebê por uma hora, porém sem sucesso.

Em posse das informações, a Polícia Civil de Mundo Novo,  coordenada pela delegada Allana Zarelli, iniciou as apurações do caso. A criança foi submetida ao exame de corpo de delito e o perito médico-legista constatou que a morte se deu por choque hemorrágico, provocado por uma lesão no pâncreas. A perícia ainda concluiu que o bebê apresentava várias lesões tanto internas, quanto externas, características de maus tratos.

A Delegada Allana Zarelli, disse que diligências estão sendo realizadas para apuração de todas as circunstâncias do crime e que ainda aguarda resultado de laudos biológicos. 

“No momento nenhuma hipótese está descartada. Há lesões sugestivas de abusos sexuais, mas ainda é cedo para afirmarmos que tenha ocorrido. Por outro lado, há indícios suficientes de que os investigados concorreram para a morte da vítima, razão pela qual estamos lavrando auto de prisão em flagrante e representando pela prisão preventiva de ambos”, esclareceu a delegada.

Ainda conforme a Polícia Civil, no dia 22 de agosto, a criança foi levada pela família ao Hospital Municipal de Mundo Novo, com uma das pernas fraturada em dois lugares. Na ocasião os enfermeiros acionaram o Conselho Tutelar. A mãe disse que a criança havia se machucado no berço, quando provavelmente teria prendido a perna ao tentar descer.

O casal está junto há aproximadamente 8 meses. A dona de casa tem outros dois filhos, um de 5 e outro de dois anos, que assim como Pedro, são frutos de relacionamento anterior. Durante o dia as crianças ficavam na creche e somente o bebê era cuidado pela mãe.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPASSE
Representantes da UFGD recorrem à bancada federal para nomeação de reitor
10 MESES
Bombeiros encontram mais um corpo da tragédia em Brumadinho
INVENTÁRIO
Juiz da Capital pode estar ligado a mais um esquema de corrupção
UEMS
Dourados sedia na próxima semana o IV Congresso de Línguas
INTERNACIONAL
Incerteza sobre 4º mandato de Evo marca eleição amanhã na Bolívia
Céuzinho
Jovem sobrevive após cair de altura de 20 metros em cachoeira
JUDICIÁRIO
Gilmar Mendes suspende lei municipal que barrava ensino de gênero
CAPITAL
Aquaplanagem pode ter causado acidente que matou violeiro, diz motorista
UEMS
Semana Técnica de Computação começa segunda-feira em Dourados
CRIMINOSOS
‘Escritório’ da falsificação: Preso tinha contratos com grupo de estelionatários

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Empresário é executado por pistoleiros na fronteira
CAMPO GRANDE
Cantor Ivo de Souza morre em acidente no macro anel da BR-262
DOURADOS
Homem é assaltado por travesti após parar carro no Centro
DOURADOS
Mãe de criança morta após parto segue internada sob escolta