Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

Cartório na fronteira pode ter contribuído para legalização de carros roubados

26 maio 2011 - 09h42

Após indicios que fraudes nos regisros tardios e de firma que teriam contribuido para que cidadãos paraguaios falsificassem documentação de veícuos roubados, O MPE (Ministério Público Estadual) comarca de Amambaí vai investigar a dona do cartório do município de Coronel Sapucai, Mafalda Donaria Viana Bonete.

De acordo com as investigações, sem qualquer nenhum documento de comprovação das informações prestadas, a proprietária do cartório cobrava R$ 20 parar os cartões de registro de firma em seu cartório em nomes de supostas testemunhas, que muitas não eram encontradas, quando procuradas. Ela ainda confessou que nunca recolheu o ISS (imposto sobre serviços).

Mafalda confessou, em seu depoimento, que realizava os registros. Foram observados erros em numeração de páginas, informações inverídicas de endereços e falta de testemunhas.

Apesar de ter negado que paraguaios assinavam como testemunhas, o que é proibido, ela é desmentida com as próprias certidões de seu cartório. Uma vez que mesmo pessoas nascidas na cidade paraguaia vizinha de Capitán Bado teriam sido registradas tardiamente como brasileiras.

De acordo com a promotoria , a mulher disse que não reconheceu o sotaque em Guarani e ou Castelhano dos paraguaios. Contudo, afirmou que sempre viveu na fronteira e conhece bem as duas línguas.

A dona do cartório também não poderia traduzir documentos oficiais, sem conhecimentos especializados na área de línguas para tal serviço, isso teria contribuído para irregularidades, pois ela prestava este tipo de serviço.

A denúncia do Ministério Público está sendo apreciado no processo 004.11.000396/2, na comarca de Amambai. Mafalda responde o processo por improbidade administrativa e já foi notificada judicialmente para apresentar sua resposta. (Com informações do site Campo Grande News)

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO COLLIMATUS
Ação contra facção criminosa cumpriu 28 mandados de prisão em MS
BRASIL
Lava Jato investiga crimes que causaram prejuízos de R$ 6 bilhões
SAÚDE E ESTÉTICA
Você sabe o que é melasma?
MS
TJ mantém condenação por falsidade ideológica em certidão de óbito
FOGO
Número de queimadas aumenta quase 100% em Dourados em relação a 2018
ESTUDO
Pesquisas tratam de línguas indígenas e de recursos hídricos em Dourados
DOURADOS
Depoimento de socorrista aponta tragédia anunciada em plantão sem médico no HV
LOGÍSTICA
Corredor bioceânico deve se transformar em rota turística entre Brasil e Chile
BRASIL
Ibama vai contratar brigadas para prevenir e combater incêndios em MS e 17 Estados
VIOLÊNCIA
Bandidos encapuzados invadem casa no Santo André e agridem idoso a coronhadas

Mais Lidas

TRÂNSITO
Empresa desliga mais de 30 lombadas eletrônicas em Dourados após rescisão contratual
DOURADOS
Veículo é consumido pelas chamas no Água Boa; veja vídeo
CRIME ORGANIZADO
Operação contra o PCC cumpre 30 mandados de prisão em cidades de MS
DOURADOS
Coordenador diz que Samu tentou reanimar acidentado por uma hora em HV sem médico