Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
JUTI

Capitão indígena morre em acidente na MS-156

12 junho 2019 - 07h53Por Vinicios Araújo e Osvaldo Duarte

O capitão indígena Francisco Gonçalves, 46, morreu após cair em barranco às margens da MS-156, no município de Juti. A vítima estava a bordo de um Fiat Uno, cor azul com placas de Juti, e teria perdido o controle da direção ao passar por uma curva. 

Segundo informações, na noite de ontem (11) Francisco voltava para casa na Aldeia Taquara, onde exercia título de capitão. A via que ele trafegava também é conhecida como Estrada de Porto Cambira. 

Ao passar por uma curva o motorista perdeu o controle, saiu da pista e caiu numa ribanceira. O Corpo de Bombeiros foi acionado e ao chegar no local já encontrou Francisco sem vida. 

O caso foi registrado pela Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Homem é preso e comparsas fogem após transportar fardos de maconha em motos por 130 km
AJUDA INTERNACIONAL
Repasses alemães para projetos ambientais equivalem em 1 ano a 4 vezes o orçamento do Ibama
TRÂNSITO
Idosa capota veículo em acidente na Capital
CAMPO GRANDE
Homem furta caminhão carregado de grama em viveiro de mudas
RIO BRILHANTE
Família encontra mulher morta após vítima passar mal durante a noite
FUTEBOL
Brasileirão promete fortes emoções neste domingo; confira os jogos
LUTO
Atriz e escritora Fernanda Young morre aos 49 anos
CAMPO GRANDE
Incêndio atinge 200 metros de mato em área ao lado do aterro sanitário
RURAL
País desenvolve tecnologia para lavouras mais resistentes ao calor
TRÊS LAGOAS
Carro dos Correios é furtado em MS enquanto motorista entregava provas do Encceja

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
Após “falsa corrida”, motorista de aplicativo tem carro levado por bandido que se envolve em acidente e é preso
HOSPITAL DA VIDA
Órgãos de jovem que morreu em acidente são captados e levados para quatro cidades
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados