Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

Cão ajuda polícia a prender mãe e filho com maconha na BR 463

22 maio 2011 - 09h40

O cão farejador Cyborg ajudou a Força Nacional de Segurança a prender uma mulher de 42 anos e seu filho, de 19 anos, com 49 quilos e 700 gramas de maconha, na manhã de ontem, na rodovia BR-463, em Ponta Porã.

Segundo a Força Nacional, a droga estava escondida em várias partes do veículo e foi descoberta graças a ação do cachorro. O entorpecente foi localizado no interior das portas, dos bancos, do parachoque e dos faróis do veículo.

Questionados sobre o entorpecente, mãe e filho disseram que pretendiam levar a maconha para a cidade de Aracaju, no Sergipe, onde moram. Os dois foram presos em flagrante por tráfico de drogas e encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
TJ mantém condenação por falsidade ideológica em certidão de óbito
FOGO
Número de queimadas aumenta quase 100% em Dourados em relação a 2018
ESTUDO
Pesquisas tratam de línguas indígenas e de recursos hídricos em Dourados
DOURADOS
Depoimento de socorrista aponta tragédia anunciada em plantão sem médico no HV
LOGÍSTICA
Corredor bioceânico deve se transformar em rota turística entre Brasil e Chile
BRASIL
Ibama vai contratar brigadas para prevenir e combater incêndios em MS e 17 Estados
VIOLÊNCIA
Bandidos encapuzados invadem casa no Santo André e agridem idoso a coronhadas
DOURADOS
MPE recomenda que prefeitura reabilite bairro feito sobre antigo lixão para uso residencial
TRÂNSITO
Motociclista morre no HV após queda em rodovia
RIO GRANDE DO SUL
Após sucesso em Bonito, Congresso Holístico Internacional terá nova edição em Gramado (RS)

Mais Lidas

TRÂNSITO
Empresa desliga mais de 30 lombadas eletrônicas em Dourados após rescisão contratual
DOURADOS
Veículo é consumido pelas chamas no Água Boa; veja vídeo
CRIME ORGANIZADO
Operação contra o PCC cumpre 30 mandados de prisão em cidades de MS
DOURADOS
Coordenador diz que Samu tentou reanimar acidentado por uma hora em HV sem médico