Menu
Busca terça, 20 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Bigolin
MEIO AMBIENTE

Caçadores são presos e autuados em R$ 10 mil por abate de anta

18 outubro 2017 - 09h54Por Da Redação

 Policiais Militares Ambientais de Costa Rica foram acionados pela Polícia Civil daquela cidade, devido a prisão de dois homens por caça ilegal. A prisão deu-se quando os caçadores tinham abatido um animal silvestre da espécie Tapirus terrestris (anta), com uso de arma de fogo em um canavial a 15 km da cidade, na saída para Chapadão do Sul.

Os infratores, de 35 e 49 anos, residentes em Costa Rica, foram autuados por crime ambiental de caça ilegal pela Polícia Civil e poderão pegar pena de seis meses a um ano e meio de prisão, devido a anta constar da lista de espécie em extinção.

A PMA autuou os infratores administrativamente e aplicou multa de R$ 5.000,00 para cada um pelo abate do animal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UNANIMIDADE
Congresso derruba vetos presidenciais e altera regras de adoção
MEIO AMBIENTE
Fazendeira é multada em R$ 93 mil por desmatamento ilegal
ECONOMIA
MS deve exportar 1 milhão de toneladas de soja pelo Porto de Concepción
CAPITAN BADO
Identificado brasileiro morto em confronto com policiais paraguaios
JUSTIÇA
STF concede prisão domiciliar a presas grávidas ou com filhos de até 12 anos
PROCESSO SELETIVO
Comarca de Três Lagoas divulga resultado da seleção para estagiários
FÁTIMA DO SUL
Ex-companheiro ameça degolar mulher por término da relação
CIDADES
Campo Grande precisa de R$ 600 milhões para recuperar malha, diz prefeito
TRÁFICO
Jovem de 23 anos é flagrado com maconha na rodoviária de Dourados
JUSTIÇA
STJ substitui prisão de Joesley e Wesley Batista por medidas cautelares

Mais Lidas

ITAQUIRAÍ
Contador é executado com cinco tiros em MS
FÁTIMA DO SUL
Bombeiros farão buscas por mulher que se recusou a entrar em casa
POLÍCIA
Acidente com caminhão carregado com cigarros mata motorista na MS-339
DESAPARECIMENTO
Ação conjunta encontra adolescente desaparecida na fronteira