Menu
Busca terça, 13 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
FRONTEIRA EM GUERRA

Brasileiros são executados em Pedro Juan Caballero

20 outubro 2017 - 11h37Por Da Redação

Atentado e troca de tiros terminou com a morte de dois brasileiros na manhã desta sexta-feira (20) em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, fronteira com o Brasil através de Ponta Porã.

De acordo com o MS em Foco, o tiroteio começou no lado brasileiro e terminou no país vizinho.

As vítimas estavam em um VW Saveiro branco, com placas PUR 1111 de Ponta Porã e foram identificados como Wanderley Freitas Lopes, 28, que dirigia o carro e Francisco Humberto Winkler Benites, 46.

Eles foram mortos após trocarem tiros com ocupantes de um Honda Civic preto, com placas do Brasil. 

Ainda de acordo com o site, a troca de tiros começou na Rua Baltazar Saldanha com a avenida Internacional e os homens acabaram mortos em Pedro Juan Caballero com vários disparos de fuzil.

No carro onde estavam Wanderley e Francisco foi encontrada uma pistola 9 milímetros. Francisco já tinha passagens por tráfico de drogas e policiais brasileiros e paraguaios investigam o caso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASA PRÓPRIA
Caixa suspende Minha Casa Minha Vida para faixa intermediária
INDUBRASIL
Polícia caça suspeito de matar diarista investigada por latrocínio
JUSTIÇA ELEITORAL
TSE dá 3 dias para Bolsonaro esclarecer 'inconsistências' em contas
UFGD
Abertas inscrições para doutorado em Biotecnologia e Biodiversidade
BRASILÂNDIA
Estudantes de escola de MS criam dicionário de línguas indígenas
JUSTIÇA
Calúnia e difamação em rede social geram dano moral a usuário
ECONOMIA
Dólar fecha em alta de quase 2% e ultrapassa R$ 3,80
BRASIL
Agricultura deverá assumir pesca, pequenos produtores e Incra
FUTEBOL MS
Às vésperas do Arbitral, apenas em estádio está apto para o Estadual Série A
CLIMA
Dourados tem novo dia quente com sensação térmica próxima dos 40ºC

Mais Lidas

ÑU VERA
Homem morre em Dourados após bebedeira
ANGÉLICA
Jovem morre atropelado durante o trabalho em pátio de usina
PEDRO JUAN
Advogada de narcotraficantes brasileiros morre após atentado na fronteira
PARAGUAI
Polícia paraguaia acredita que pistoleiros brasileiros mataram advogada