Menu
Busca quarta, 23 de maio de 2018
(67) 9860-3221
IMOBILIÁRIA CONTINENTAL (BANNER 1 TOPO)
MEIO AMBIENTE

Boliviano é preso por pescar com rede durante a piracema

14 fevereiro 2018 - 09h43Por Da Redação

Policiais Ambientais de Corumbá, que trabalham na operação Carnaval, realizavam fiscalização na região do Canal do Tamengo, na fronteira com a Bolívia, quando prenderam um homem que praticava pesca predatória.

Um Boliviano de 60 anos, estava em uma canoa de madeira e pescava com uma rede de pesca (petrecho proibido) de 180 metros, no momento em que foi abordado.

O infrator acabara de armar a rede, iniciava a pescaria e ainda não havia capturado nenhum pescado. A rede foi retirada da água e apreendida. O infrator, residente em Arroyo Concepcion, na Bolívia, foi preso e encaminhado, juntamente com o material apreendido, para a delegacia de Polícia Federal de Corumbá.

Ele responderá por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Projeto de Reforma Tributária Solidária é tema de seminário do fisco estadual
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado por construir represa e destruir área protegida
ECONOMIA
Câmara aprova liberação de saques do PIS-Pasep a todos os cotistas
15 DIAS
Petrobras vai reduzir em 10% o preço do diesel nas refinarias
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Juiz determina liberação imediata de 6 rodovias e autoriza 'uso da força'
ECONOMIA
Sebrae oferece em Dourados palestra para quem deseja se tornar MEI
LAVA JATO
Justiça determina prisão do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares
INFÂNCIA
Bonito sediará dia 30 o primeiro Fórum Nacional de Justiça em MS
TRAGÉDIA
Douradense morre em acidente na MS-270
OIKETICUS
Nova fase de operação cumpriu dois mandados contra cigarreiros

Mais Lidas

JARDIM DOS ESTADOS
Homem é preso após invadir casa, agredir e amarrar casal
DOURADOS
Expoagro termina com "chuva" de reclamações estruturais
RODOVIAS DE MS
Bloqueio de caminhoneiros tem promessa de ‘virar a noite’ em Dourados
NARCOTRÁFICO
Jarvis Pavão é condenado a 10 anos de prisão