Menu
Busca terça, 14 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
JULHO DESTE ANO

Atentado que matou criança seria vingança a massacre em boate

28 outubro 2017 - 11h00Por Da Redação, com ABC Color

O atentado que matou menino de cinco anos em Assunção, na quarta-feira (25) teria sido causado por vingança ao massacre na boate After Office, em Pedro Juan Caballero, fronteira com o Brasil através de Ponta Porã no dia 24 de julho.

Após a morte da criança, o pai dela, William Gímenez Bernal, que seria funcionário do narcotraficante Jarvis Pavão, acabou se matando. Conforme o periódico, ele teria ordenado o ataque à casa noturna. As informações são do jornal paraguaio ABC Color.

Atentado em boate

O crime violento registrado em Pedro Juan ocorreu na madrugada do dia 24 de julho, uma segunda-feira e além dos quatro mortos, outras 11 pessoas acabaram feridas no ataque, relembre aqui.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Susana Werner posa de biquíni fio e rende elogios no Instagram
AUDIÊNCIA
Gestores cobram da União percentual fixo para gastos com saúde
DOURADOS
Pais são homenageados pelo grupo ABV
EDUCAÇÃO
Simpósio de Cirurgia Plástica será realizado em Dourados
MEIO AMBIENTE
Onça-pintada resgatada recebe tratamento em universidade de MS
ELEIÇÕES 2018
Amôedo registra e já são seis candidatos à presidência oficializados no TSE
RIBAS DO RIO PARDO
Polícia faz operação contra revendas clandestinas de botijões
BRASIL
Governo e concessionárias discutem relicitação no setor de transportes
MS-376
Motorista perde controle e carreta cai em ribanceira
SECURA
Após dias chuvosos, umidade do ar volta a baixar e bate 25% em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Homem encontrado morto em obra estava desaparecido desde sexta-feira
DOURADOS
Homem é encontrado morto em obra com as mãos e pés amarrados
DOURADOS
Rapaz foi morto com duas facadas no pescoço
DOURADOS
Corpo é encontrado no Jardim Carisma