Menu
Busca sexta, 17 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
MEIO AMBIENTE

Ambiental vai à rodovia socorrer anta atropelada e a encontra sacrificada

06 dezembro 2017 - 10h39Por Da Redaçao

Policiais Militares Ambientais de Batayporã receberam informações de Policiais Militares Rodoviários da base de Ivinhema, de que uma anta fora atropelada por um veículo Fiat/Uno, na rodovia BR-473, na altura do Km 49, na noite desta terça-feira, dia 05 de dezembro, próximo ao córrego baile entre os municípios de Taquarussu e Nova Andradina.

Como as informações indicavam que o animal estaria vivo, a PMA deslocou-se rapidamente até o local do acidente, porém, quando lá chegou, não havia mais ninguém no local e o animal havia sido sacrificada.

Provavelmente, alguém percebeu o bicho agonizante e o sacrificou, realizando um sangramento na parte do pescoço aparentemente com uma faca. Os Policiais removeram o animal do acostamento para evitar acidentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Gracyanne Barbosa ousa em posição e deixa bumbum em evidência
ASSEMBLEIA
Projeto aprovado eleva Comarca de Rio Verde à categoria de segunda entrância
TECNOLOGIA
Anatel abre consulta pública sobre uso de faixa de frequência para 5G
JUCEMS
MS abriu mais de 500 empresas em julho
FLAGRANTE
Polícia prende em Corumbá foragido da Justiça do Maranhão
ELEIÇÕES 2018
TSE nega participação de Lula em debate na TV amanhã
ESPECIALIZAÇÃO
IFMS abre matrícula para especialização em Docência para Educação Profissional
ENSINO SUPERIOR
Estudantes que vão concluir graduação já podem se cadastrar no Enade 2018
REAJUSTE SALARIAL
Frentistas de MS tentam reajuste salarial desde 1º de março
COTAÇÕES
Dólar tem leve alta e volta ao patamar de R$ 3,90 com incerteza eleitoral

Mais Lidas

DOURADOS
Madrasta de criança morta é autuada por homicídio
DOURADOS
Além da madrasta, delegado autua o pai e ambos responderão pela morte de criança
DOURADOS
Criança de 1 ano teve trauma no tórax e laceração hepática
DOURADOS
Criança possuía lesões na cabeça e pescoço e polícia investiga o caso