Menu
Busca sexta, 16 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
AÇÃO POLICIAL

Ambiental monitora ninhos e fecha o cerco contra o tráfico de papagaios em MS

15 setembro 2018 - 07h15Por Da Redação

O tráfico de animais silvestres é considerado a terceira atividade criminosa mais rentável em todo o país, perdendo apenas para o de drogas e de armas. Porém, em Mato Grosso do Sul, o problema se resume quase que especificamente ao papagaio. 

Só nesta semana, duas apreensões ocorreram na região, resultando na apreensão de 118 filhotes. As ações ocorreram em Novo Horizonte do Sul e em Ivinhema.

Por esse motivo, o período de agosto a dezembro é preocupante com relação ao tráfico de animais silvestres no Estado, pois é a época reprodutiva dos papagaios. Trabalhos preventivos nas propriedades rurais são realizados pela PMA (Polícia Militar Ambiental) para prevenir a retirada dos animais e aliciamentos de funcionários de fazendas e assentados pelos traficantes, visando sempre os filhotes.

Barreiras também são executadas nas saídas para o estado de São Paulo, que é para onde os papagaios retirados têm sido levados.

Prioridade

A prioridade, segundo a PMA, é evitar a retirada dos filhotes dos ninho. Em 2016, 13 foram apreendidos em uma fazenda, com um funcionário aliciado por traficantes detido em flagrante em retirada dos animais, quando a encomenda feita pelo traficante era de 350 papagaios. 

O mesmo traficante preso hoje (14) foi detido no ano passado com 34 filhotes de papagaios, três periquitos, um coleirinha e um pintassilgo, quando tinha encomenda para retira 500 filhotes de papagaios. 

Ou seja, caso a PMA não executasse esse trabalho preventivo nas propriedades rurais, pelo menos 850 animais seriam retirados naquele e, possivelmente, apreendidos nas estradas, ou que chegariam ao consumidor final.

A região principal do problema e que é monitorada é basicamente a que constitui os municípios de Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Brasilândia, além de Naviraí e Mundo Novo. 

Nessa região, ninhos também são monitorados para evitar a retirada dos filhotes, visto que essa é a preocupação maior. 

O destino registrado até o momento dos papagaios é o estado de São Paulo. Sabe-se que as aves de lá saem para outros locais, porém, essa informação ainda não é confirmada, pois a PMA não trabalha com investigação.

Pela região de saída, verifica-se que os municípios onde o tráfico ocorre são os que ficam próximos a saída para esse Estado. Algumas vezes, a Polícia Militar Rodoviária de São Paulo também efetua apreensões de papagaios retirados de MS.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Veículo incendiado pode ter sido usado na execução de empresário
FUTEBOL
Brasil vence amistoso contra Uruguai em Londres com gol de penalti
MÚSICA
Grammy Latino consagra Jorge Drexler e confirma fenômeno Rosalía
ELEIÇÕES 2018
Governador, deputados e senadores serão diplomados em 14 de dezembro
TRÊS LAGOAS
Polícia captura dois dos quatro detentos fugitivos de penitenciária
DOURADOS
“Nervoso e agradecendo a Deus”, conta bombeiro que socorreu jovem no túnel no Parque das Nações
TUTELA DE URGÊNCIA
Justiça determina prosseguimento de concurso da Polícia Civil
REVALIDA
Exame para validar diploma de médico será amanhã e sábado
RURAL
Mesmo com chuva, usinas de MS mantêm moagem de cana na quinzena
ECONOMIA
Dólar cai e fecha a R$ 3,73 após indicação de Campos Neto para o BC

Mais Lidas

DOURADOS
Carro fica submerso em túnel alagado e homem precisa quebrar o vidro para sair
CAMPO GRANDE
Empresário é executado e filho fica ferido em atentado
CAMPO GRANDE
Empresário executado na Capital era avalista em dívida de R$ 40 milhões
DOURADOS
Chuva forte deixa ruas e até rodoviária alagada