Menu
Busca quarta, 19 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
AÇÃO POLICIAL

Ambiental monitora ninhos e fecha o cerco contra o tráfico de papagaios em MS

15 setembro 2018 - 07h15Por Da Redação

O tráfico de animais silvestres é considerado a terceira atividade criminosa mais rentável em todo o país, perdendo apenas para o de drogas e de armas. Porém, em Mato Grosso do Sul, o problema se resume quase que especificamente ao papagaio. 

Só nesta semana, duas apreensões ocorreram na região, resultando na apreensão de 118 filhotes. As ações ocorreram em Novo Horizonte do Sul e em Ivinhema.

Por esse motivo, o período de agosto a dezembro é preocupante com relação ao tráfico de animais silvestres no Estado, pois é a época reprodutiva dos papagaios. Trabalhos preventivos nas propriedades rurais são realizados pela PMA (Polícia Militar Ambiental) para prevenir a retirada dos animais e aliciamentos de funcionários de fazendas e assentados pelos traficantes, visando sempre os filhotes.

Barreiras também são executadas nas saídas para o estado de São Paulo, que é para onde os papagaios retirados têm sido levados.

Prioridade

A prioridade, segundo a PMA, é evitar a retirada dos filhotes dos ninho. Em 2016, 13 foram apreendidos em uma fazenda, com um funcionário aliciado por traficantes detido em flagrante em retirada dos animais, quando a encomenda feita pelo traficante era de 350 papagaios. 

O mesmo traficante preso hoje (14) foi detido no ano passado com 34 filhotes de papagaios, três periquitos, um coleirinha e um pintassilgo, quando tinha encomenda para retira 500 filhotes de papagaios. 

Ou seja, caso a PMA não executasse esse trabalho preventivo nas propriedades rurais, pelo menos 850 animais seriam retirados naquele e, possivelmente, apreendidos nas estradas, ou que chegariam ao consumidor final.

A região principal do problema e que é monitorada é basicamente a que constitui os municípios de Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Brasilândia, além de Naviraí e Mundo Novo. 

Nessa região, ninhos também são monitorados para evitar a retirada dos filhotes, visto que essa é a preocupação maior. 

O destino registrado até o momento dos papagaios é o estado de São Paulo. Sabe-se que as aves de lá saem para outros locais, porém, essa informação ainda não é confirmada, pois a PMA não trabalha com investigação.

Pela região de saída, verifica-se que os municípios onde o tráfico ocorre são os que ficam próximos a saída para esse Estado. Algumas vezes, a Polícia Militar Rodoviária de São Paulo também efetua apreensões de papagaios retirados de MS.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018
TRE-DF prepara urnas que serão enviadas ao exterior
ELEIÇÕES 2018
Candidato do PSOL ao governo diz que pretende encarar o crime organizado com tecnologia
NOVA ANDRADINA
Menor é detida após bater na mãe por não querer estudar
NEGÓCIOS
Sesi continua com inscrições abertas para credenciamento de prestadores de serviços
CONCURSO
Diário Oficial traz resultado preliminar da Prova de Digitação do concurso da Polícia Civil
SHOW
Dourados recebe Zé Ramalho dia 19 de outubro
JUSTIÇA
TJ considera Lei que proibia Uber inconstitucional e transporte se torna legal em Dourados
ESPORTE
STJD rejeita pedido do Palmeiras para impugnar final do Paulistão
DOURADOS
Quase 70% das compras do Dia das Crianças vão ocorrer na semana da comemoração
FAMOSOS
Nasce segundo filho de Wesley Safadão e Thyane Dantas

Mais Lidas

DOURADOS
Idoso encontrado morto na pedreira foi vítima de latrocínio
MS-164
Trio é flagrado com mais de 1t de maconha no Copo Sujo
DOURADOS
Colisão frontal mata passageiro de caminhonete e deixa três pessoas feridas
DOURADOS
Homem esfaqueado pelo filho morre no Hospital da Vida