Menu
Busca quinta, 05 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Agente que matou pedreiro em show é colocado em liberdade

10 outubro 2017 - 17h05Por Da Redação

A Justiça concedeu nesta terça-feira (10), liberdade provisória para o agente penitenciário federal Joseilton de Souza Cardoso, 34. Ele é autor dos tiros que mataram no dia 24 de setembro, num show realizado no Shopping Bosque dos Ipês, em Campo Grande, o pedreiro Adílson Silva Ferreira dos Santos, 23.

Segundo o Campo Grande News, mesmo de volta as ruas, o agente não poderá usar arma de fogo até o final do julgamento.

A decisão é do juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, que considerou que o acisado possui residência fixa, trabalho lícito e tem bons antecedentes criminais.

Além disso, o juiz também observou que “não há notícia de comoção ou temor por parte de familiares, bem como não há indícios de que o requerente [Joseilton] seja pessoa agressiva ou possa vir a agredir ou ameaçar possíveis testemunhas”.

No entanto, ficou estabelecido, que o agente não poderá usar arma até o fim do julgamento e também terá que comparecer em juízo até o dia 5 de cada mês, para comprovar residência fixa e trabalho e atividade lícita.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Agente penitenciário vai a júri por morte de pedreiro durante show
MORRO DO DENDÊ
Fenômeno da internet, 'Bunitinho' morre em operação da PM no Rio
CORUMBÁ
Bombeiros procuram por homem que desapareceu no rio Paraguai
UEMS
Inscrições abertas para Operação “Lobo Guará” do Projeto Rondon
BRASIL
Caminhoneiros, empresários e governo discutem cálculo do frete
RIO BRILHANTE
Polícia apreende 250 mil maços de cigarros em caminhão
COTAÇÃO
Dólar muda de rumo e fecha em queda nesta quinta
MATO GROSSO DO SUL
TJ considera abusiva taxa de conveniência na troca de milhagem por passagem aérea
BRASIL
Saúde perdeu R$ 500 milhões para fundo eleitoral, diz ministro
TRÁFICO
Carro roubado no RJ é recuperado com mais de 600kg de maconha em Dourados

Mais Lidas

POLÍCIA
Morto em ação policial no MS era afamado como líder do novo cangaço
FRONTEIRA
Quatro assaltantes de carro-forte são mortos em confronto com a polícia
DOURADOS
Júri condena a 64 anos de prisão cinco réus por atentado contra empresário
DOURADOS
Homem é preso ‘arrastando’ moto na região central