Menu
Busca quinta, 19 de julho de 2018
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Agente que matou pedreiro em show é colocado em liberdade

10 outubro 2017 - 17h05Por Da Redação

A Justiça concedeu nesta terça-feira (10), liberdade provisória para o agente penitenciário federal Joseilton de Souza Cardoso, 34. Ele é autor dos tiros que mataram no dia 24 de setembro, num show realizado no Shopping Bosque dos Ipês, em Campo Grande, o pedreiro Adílson Silva Ferreira dos Santos, 23.

Segundo o Campo Grande News, mesmo de volta as ruas, o agente não poderá usar arma de fogo até o final do julgamento.

A decisão é do juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, que considerou que o acisado possui residência fixa, trabalho lícito e tem bons antecedentes criminais.

Além disso, o juiz também observou que “não há notícia de comoção ou temor por parte de familiares, bem como não há indícios de que o requerente [Joseilton] seja pessoa agressiva ou possa vir a agredir ou ameaçar possíveis testemunhas”.

No entanto, ficou estabelecido, que o agente não poderá usar arma até o fim do julgamento e também terá que comparecer em juízo até o dia 5 de cada mês, para comprovar residência fixa e trabalho e atividade lícita.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Ousada! ex-BBB Natália Casassola posa nua em barco
FRONTEIRA
Jovem é surpreendido por pistoleiros e executado com nove tiros
ENCONTRO
Evento reúne pesquisadores de olericultura e horticultura em Bonito
BATAGUASSU
PRF apreende em rodovia de MS 50 armas de fogo e mais de mil munições
MOEDA DIGITAL
Ronaldinho Gaúcho lança sua própria criptomoeda e inicia vendas
SUMIÇO
Após 4 dias família localiza manicure com carro quebrado em fazenda
MERENDA
Resolução fixa preços de alimentos adquiridos pelas escolas Estadual
PISCA
Líder do PCC no Paraguai, traficante brasileiro é preso em Assunção
NÚMERO ASSUSTA
Ministério confirma 677 casos de sarampo em seis estados brasileiros
TRÊS LAGOAS
Colisão entre carro e ônibus mata criança e fere quatro na BR-262

Mais Lidas

DOURADOS
“Aqui é PCC!”, disseram atiradores que mataram dupla
DOURADOS
Maconha apreendida em caminhão e casa no Água Boa totalizou mais de 4,3t
CAMPO GRANDE
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
PONTA PORÃ
Jovem diz que recebeu 25 kg de maconha como pagamento por sexo