Menu
Busca sexta, 18 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Ações preventivas na fronteira elevam índice de apreensões do DOF

28 maio 2011 - 09h18

A cocaína é a droga que mais cresceu em volume de apreensões pelo Departamento de Operações de Fronteira (DOF) no período de janeiro a abril comparando 2011 com o ano passado. De acordo com dados estatísticos do departamento, este ano foram apreendidos 988,520 quilos da droga em quatro meses. O índice representa crescimento de 2.064% em relação ao montante preso no mesmo período de 2010.

Conforme informações do comandante do DOF, coronel Joel Martins dos Santos, o aumento da quantidade apreendida deve-se a uma ação ocorrida no início da segunda quinzena de abril durante fiscalização de rotina no distrito de Amandina, onde foram recolhidos quase 900 quilos de cocaína.

###Crack

Outro entorpecente que teve destaque no aumento de apreensões é o crack. Em janeiro a abril do ano passado foram presas sete pedras da droga, este ano o DOF já tirou de circulação 454 pedras de crack que estavam nas mãos de traficantes na região de fronteira.

Comparando à pasta-base o nível de apreensões também apresentou crescimento aumentando em 227% em relação ao período de janeiro a abril do ano passado. Este ano o DOF apreendeu 40,686 quilos de pasta-base. Ainda assim, a droga que mais se apreende em Mato Grosso do Sul pelos policiais que atuam na fronteira é a maconha. Em 2011 a polícia tirou do poder de traficantes 3.956,147 quilos da erva.

Os números apresentados pelo DOF apontam 70 pessoas presas por tráfico nas regiões de atuação da Polícia de Fronteira. Foi registrado um crescimento de 113% nas operações, levando em conta os mesmos meses do ano passado. Se observadas todas as ações do DOF, o total de pessoas presas soma 148 até abril.

Mesmo com a elevação do nível de apreensões no combate ao tráfico de entorpecentes, casos de contrabando continuam sendo a maior parcela de demanda do DOF, representando 54% das operações realizadas em abril. Tráfico de entorpecentes aparece em segundo na lista, representando 15% das ações.

###Prevenção

Conforme o comandante, coronel Joel, ações preventivas também contribuem para o aumento no índice de apreensões e prisões na faixa de atuação. “Além do policiamento de rotina nós recebemos solicitações de prefeituras, igrejas e sindicatos para atuar também em festas realizadas na área urbana dos municípios onde o DOF atua”, afirma. Segundo o coronel, eventos que concentram boa parte da população podem favorecer ações criminosas, principalmente como tráfico de drogas e furto de veículos. “A presença do DOF coíbe quem quer praticar crimes”, avalia.

Para contribuir com o trabalho dos policiais de fronteira a população também pode fazer denúncias através do 0800 647 6300 colocado à disposição como um canal aberto e direto entre o departamento e a comunidade da região de fronteira.

###Apreensões

Em abril o contrabando que bateu recordes em relação aos meses anteriores foi o de cigarro. No último mês o DOF apreendeu 13.887 pacotes do produto trazido de forma irregular. Neste ano os policiais do departamento já recolheram 34.616 pacotes de cigarro contrabandeado.

Entre CD’s e DVD’s piratas, o DOF apreendeu 18.212 unidades, sendo 17.000 só de DVD’s. Foram recuperados 15 veículos produtos de furto ou roubo e o total de brinquedos contrabandeados apreendidos ficou em 565 volumes. Além disso o DOF também apreendeu armas, diversos tipos de munição, eletroeletrônicos, produtos de informática, entre outros. (Com informações do Noticias MS)




Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Isis Valverde arranca suspiros ao posar de biquíno: "verão, seu lindo"
CAPITAL
Idosos perdem mais de R$ 2 mil em golpe do falso sobrinho
COXIM
Jovem picada por cobra na região do Pantanal é socorrida por avião
17º DIA DE GESTÃO
Governador do Mato Grosso decreta estado de calamidade financeira
RIO BRILHANTE
Polícia investiga grupo que fez arrastão em cerca de 30 prédios
CINCO VAGAS
Tribunal de Justiça de Santa Catarina abre concurso a juiz substituto
TRÊS LAGOAS
PMR flagra dupla com mais de R$ 14 mil sem comprovação de origem
PRECAUÇÃO
Fux diz que, se não suséndesse investigação, provas seriam anuladas
SISU
UFGD divulga local de matrícula e lista de vagas por curso e modalidades
INOVAÇÃO
Comarca de Mundo Novo faz depoimento com intérprete de língua indígena

Mais Lidas

VINGANÇA
Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico
FRONTEIRA
Ex-candidato a prefeito, tio de narcotraficante é executado em Ponta Porã
DOURADOS
Homem danifica carro por vingança em estacionamento de hipermercado e acaba preso
PARANHOS
Operação contra traficantes que abasteciam morros cariocas prende dois em MS