Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Zeca reafirma que não voltará a disputar cargo político

23 dezembro 2003 - 12h56

O governador Zeca do PT voltou a afirmar hoje que não pretende disputar cargos políticos depois de terminar seu mandato, em 2006. Segundo o governador, a decisão já foi anunciada à sua família e políticos mais próximos dele.Segundo o governador, não interessaria a ele disputar o Senado, por exemplo, porque a rotina de ter que se deslocar freqüentemente a Brasília não o agrada e seria muito cansativa. Zeca lembrou que já teve quatro cargos eletivos (dois de deputado estadual e dois de governador), e isso já é o suficiente para ele.O governador informou que mesmo não pretendendo disputar mais nenhum cargo político, vai continuar trabalhando nos bastidores em projetos do gênero. Para isso, segundo ele, criará um instituto pelo qual coordenará basicamente projetos que visem a integração de Mato Grosso do Sul com países vizinhos. Estão na lista de projetos que receberão a atenção do governador, depois do fim de seu mandato, o da rota bioceânica e o da consolidação do Mercosul, por exemplo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia
VIOLÊNCIA
Líder rural é assassinada a facadas em assentamento no sudeste do Pará
DOURADOS
Homem é assaltado por trio quando trafegava próximo ao shopping
SELEÇÃO
Brasil enfrenta hoje o Panamá no primeiro amistoso da temporada
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiros são autuados em R$ 19,5 mil por quatro desmatamentos
DESACOMPANHADOS
Nova lei exige autorização judicial para menores de 16 anos viajarem
CENTRO
Jovem de 22 anos perde motocicleta durante assalto em Dourados
EDUCAÇÃO
IFMS divulga local de prova e ensalamento de concurso para docentes
PONTA PORÃ
Clientes de mercado ficam na mira de 4 bandidos durante assalto

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia