Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Zeca declarará 2005 como Ano de Promoção da Igualdade Racial

18 março 2005 - 12h50

O governador Zeca do PT vai declarar na segunda-feira, dia 21, às 8h30, na Governadoria, 2005 como o Ano Nacional da Promoção da Igualdade Racial, em consonância com Decreto de 30 de dezembro de 2004, no qual o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez a mesma declaração.
O governo do Estado, através da Coordenadoria de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial (CPPIR-MS), ratifica o decreto federal que instituiu 2005 em reconhecimento à luta da população negra e afro-brasileira, com o objetivo de fortalecer e intensificar a política de ação afirmativa.
 Cooperação - No mesmo evento será assinado Termo de Adesão e de Cooperação Técnica entre o governo do Estado e prefeituras municipais. O ato instituirá o Fórum Estadual Intergovernamental de Promoção da Igualdade Racial. A instituição visa estabelecer parcerias para implementação de estratégias para incorporação da política nacional de promoção da igualdade racial nas ações governamentais do Estado e dos municípios.
A participação dos gestores e da gestoras coordenadores e coordenadoras da política de promoção da igualdade racial é fundamental para construção e implementação de ações que beneficiem a população negra. Quilombola - Uma terceira atividade prevista para o dia 21 de março será a apresentação do programa Brasil Quilombola, que consiste numa série de ações políticas interministeriais que beneficiem especialmente as comunidades negras rurais ou remanescentes de quilombo.
No mesmo dia está prevista para o período vespertino (às 15h30) na comunidade Furnas do Dionísio, em Jaraguari (MS), atividades diversas, tais como atendimento da Defensoria Pública; confecção de Cédulas de Identidade e entrega de veículo e equipamentos, entre outras ações.
Racismo - A data do evento não poderia ser menos pertinente, já que 21 de março é o Dia Mundial de Luta pela Eliminação do Racismo, instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas), há 35 anos. A data foi estipulada in memoriam às 69 pessoas que massacradas pela polícia do município de Shapeville (África do Sul), em 1960, quando lutavam contra o regime do apartheid.
No mundo inteiro o dia é lembrado por ativistas e militantes dos direitos humanos, “principalmente por aqueles que dedicam sua vida lutando pela eliminação do racismo”, enfatizou Ana Sena, coordenadora da CPPIR-MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEGURANÇA PÚBLICA
Polícia Civil deflagra operação “balcão de negócios”
LOTERIA
Mega deve sortear prêmio de R$ 190 milhões amanhã
DOURADOS
TAC prevê contratação emergencial de estagiários para fim da greve na educação infantil
ESPORTE
Nadador de MS disputa competição no Peru com a seleção brasileira
DOURADOS
Campanha quer incentivar participação de mais mulheres na política
DOURADOS
TJ decide em março se vereadores devem receber salários por período presos e afastados
DICAS
Fique atento: informação e planejamento podem garantir uma boa viagem no Carnaval
DOURADOS
Troco Solidário Abevê repassa valor a instituição
Saúde e Bem-estar
Unimed Dourados renova com a Sanesul e Sicredi Centro-Sul MS
NEGÓCIOS & CIA
Certificado Digital Agiliza: a abertura e gestão de empresas

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia