Menu
Busca sexta, 19 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
VATICANO NEGA

Vaticano desmente boato de que Papa Francisco enviou terço a Lula

12 junho 2018 - 17h05Por Terra

O Vaticano esclareceu hoje (12) que o papa Francisco não tem relação com o advogado argentino Juan Grabois , o qual tentou visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão.

Grabois, fundador do Movimento dos Trabalhadores Excluídos e ex-consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz , tentou visitar ontem (11)Lula na prisão em Curitiba, mas não foi autorizado pela Polícia Federal(PF).
Vários veículos de imprensa e redes sociais do PT haviam dito que Grabois era um representante do Papa que entregaria um terço a Lula em nome do Pontífice.

Mas, de acordo com uma nota publicada pelo site Vatican News , Grabois fez a visita a "título pessoal", e o terço não foi enviado pelo papa Francisco, apenas "abençoado". "Em mérito às notícias circuladas sobre o suposto envio de um Terço pelo Papa Francisco ao ex-presidente Lula, esclarecemos que o advogado argentino Juan Grabois, fundador do Movimento dos trabalhadores excluídos e ex-consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz, tentou fazer uma visita - a título pesoal - ao ex-presidente, tendo após a tentativa infrutífera, concedido uma entrevista diante do prédio da Polícia Federal em Curitiba. Na entrevista - e nos ativemos a ela - Em nenhum momento Grabois afirmou que o Terço foi enviado pelo Santo Padre, mas apenas "Abençoado" pelo Papa", diz a nota.

Em sua página oficial, o Instituto Lula descreveu Grabois como "emissário do papa Francisco para assuntos de Justiça e Paz", e disse que ele pretendia levar ao ex-presidente um terço mandado pelo próprio Pontífice. Segundo a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil(CNBB), o Vatican News representa a comunicação da Santa Sé . A CNBB, por sua vez, também disse desconhecer o envio do terço pelo Papa ao ex-presidente.
Preso desde 7 de abril, Lula pode receber visitas para ajuda espiritual toda segunda-feira, mas o advogado argentino foi barrado pela Polícia Federal por não ter função religiosa. O Pontifício Conselho Justiça e Paz, do qual o advogado fazia parte, foi extinto em 2017 pelo Vaticano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIBAS DO RIO PARDO
Mais de 400 atletas das modalidades individuais disputam Jems e Jojums nesta sexta
LAMA ASFÁLTICA
Defesa tenta recurso em HC de Puccinelli, filho e advogado
DOURADOS
Casa do Estudante acontece até o dia 31 na Unigran
DOURADOS
Mulher é presa furtando farmácia e confessa outros crimes
GERAL
Centro Internacional de Negócios detalha 4 passos para internacionalização de uma empresa
INFORME PUBLICITÁRIO
Representantes realizam café e apresentam nova linha da Natura para o Natal
DOURADOS
Peças artísticas são marcadas com suástica, “17”, “Bolsonaro” e ilustrações obscenas na UEMS
DOURADOS
Corrida Rosa Abevê 2018 continua com inscrições abertas até dia 23
BRASIL
Autoridades devem anunciar medidas para o segundo turno
DOURADOS
Adolescente é apreendido por tráfico em 4ª viagem à fronteira

Mais Lidas

MARACAJU
Empresário douradense e filho morrem em acidente na BR-267
DOURADOS
Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
DOURADOS
Mulher é condenada a 12 anos de prisão pela morte do ex-marido
DOURADOS
Corpo de homem que morreu afogado em lago é encontrado