Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Vander diz que eleitor não será piedoso com arrogância de André

16 dezembro 2003 - 10h56

O deputado federal Vander Loubet (PT/MS) disse que ficou sensibilizado e agradecido à manifestação piedosa do prefeito de Campo Grande, André Puccinelli (PMDB), que ironizou sua escolha para ser o candidato do PT à Prefeitura da Capital. Ao se referir ao resultado do provável confronto eleitoral entre o PT e o PMDB na sucessão de 2004, Puccinelli comentou ter ficado com dó do Vander por ter sido o indicado pelos petistas para enfrentar o concorrente peemdebista. "Fiquei muito comovido com essa preocupação do prefeito. E por essa declaração ele revela que está muito mais preocupado do que deveria. É uma preocupação justificada, porque o prefeito sabe o quanto pesam a força da militância do PT e, sobretudo, a indignação dos eleitores campograndenses diante de declarações arrogantes como essa", devolveu Vander. "Talvez o eleitor, especialmente aquele da periferia esquecida, não venha a ter com o prefeito a mesma piedade que ele demonstra para comigo. Falo do eleitor que vive em áreas maquiadas, pagando por um asfalto construído com recursos federais e sem saneamento básico. Falo do eleitor que vai para o posto de saúde, não encontra médico e nem é atendido condignamente. De fato: o prefeito tem que ficar mesmo bastante preocupado", enfatizou. Vander diz respeitar a autoridade institucional e reconhece a liderança política de um prefeito empreendedor, considerando-o uma peça importante no contexto administrativo da cidade. Porém, lamenta que Puccinelli não tenha dado ao seu empreendedorismo um conteúdo humanista efetivo, ao pautar-se pelos mesmos vícios do desenvolvimentismo capitalista que prioriza a obra física, em prejuízo da inclusão social verdadeira e da participação popular. "Teremos um embate interessante e eu respeito os adversários, sobretudo do PMDB, que é um partido de tradição. Mas quem vai julgar é o povo. Estamos numa sociedade diversa e o PT sempre respeitou e defendeu essa diversidade. Eu desejo ao prefeito uma boa sorte na escolha de seu candidato e espero um confronto digno, democrático, um bom combate. Mas se não for este o desejo dos nossos adversários, paciência. O PT está preparado para a guerra em qualquer fronteira", avisou Vander.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Dólar fecha em alta e vai a R$ 5,38
EDUCAÇÃO
Professor douradense publica 4 ª edição de livro de Direito Internacional
DATAFOLHA
Rejeição a Bolsonaro aumenta após vídeos de reunião ministerial, afirma pesquisa
PESCA PREDATÓRIA
Policiais apreendem redes de pesca e anzóis de galho em rios de MS
BRASIL
Covid-19: planos de saúde incluirão mais 6 exames na lista obrigatória
8H ÀS 12H
Três agências da Caixa abrem em Dourados neste sábado para saque de auxílio
DOURADOS
MP pede extinção de processo contra casal acusado de "furar" quarentena
PANDEMIA
Dourados registrou um caso de Covid-19 a cada 1h30 nos últimos dez dias
MERCADO DE TRABALHO
Quase 7 mil postos de trabalho são fechados somente em abril em Mato Grosso do Sul
POLÍTICA
TJ absolve ex-deputado estadual em caso de “servidora fantasma”

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher