Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
MEIO AMBIENTE

Universidades estudam como reduzir emissões de CO2 na atmosfera

08 dezembro 2019 - 16h25Por Agência Brasil

Treze universidades de diversos países, incluindo o Brasil, participam neste domingo (8) e nesta segunda-feira (9) da reunião da Aliança Global de Universidades sobre o Clima (GAUC, do nome em inglês), em Madri, dentro da 25º Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre as Mudanças Climáticas (COP 25).

O objetivo do encontro é conhecer as tecnologias que cada país tem disponíveis e que podem contribuir para reduzir as emissões de gás carbônico na atmosfera, disse à Agência Brasil a professora Suzana Kahn,vice-diretora do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ). Segundo a professa, com isso, pode-se mostrrver como a tecnologia pode limitar o aquecimento global a 1,5°C, nos próximos anos.

A UFRJ é a única instituição latino-americana que integra a GAUC. A associação é liderada, atualmente, pela Universidade de Tsinghua, situada na China, que é parceira da Coppe no Centro China-Brasil de Mudança Climática e Tecnologias Inovadoras para Energia.

Projeto único


“A ideia é fazer um grande projeto único tecnológico das universidades ao redor do mundo para reduzir as emissões, para apresentar em janeiro na reunião do Fórum Econômico Mundial”, informou Suzana Kahn. De acordo com a professora, o projeto global será mostrado para investidores que possam contribuir para a concretização de uma proposta única.

O encontro, que começa neste domingo, vai desenhar o escopo desse projeto. Cada universidade contribuirá com suas próprias tecnologias, disse Suzana, que é também presidente do Comitê Científico do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC) e coordenadora executiva do Fundo Verde da UFRJ.

Em 2007, ela integrou o grupo de cientistas do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), que recebeu o Prêmio Nobel da Paz pela dedicação a estudos sobre mudanças do clima e o aquecimento global.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Polícia paraguaia apreende quase três toneladas de maconha na fronteira
OPORTUNIDADE
JBS oferece mais de 600 vagas em Dourados e mais cinco cidades
SÃO PAULO
Internautas arrecadam R$ 121 mil para entregador que sofreu ofensas racistas
SAÚDE
Dia nacional do combate ao colesterol chama atenção para o problema
CAPITAL
Macaco sagui morre eletrocutado e fica grudado em fiação elétrica
EDUCAÇÃO
IFMS abre processo seletivo para contratação de 16 professores substitutos
MATO GROSSO
Morre Dom Pedro Casaldáliga, o bispo das causas sociais e indígenas
FUTEBOL
Palmeiras bate Corinthians nos pênaltis e conquista o Paulistão após 12 anos
COMÉRCIO EXTERIOR
Exportação de soja de MS avança 129% em relação ao ano passado
COVARDIA
Homem agride moradora de rua na saída de supermercado e foge

Mais Lidas

INVESTIGAÇÕES
Polícia desarticula quadrilha responsável por furtos e tentativa de homicídio em Dourados
DOURADOS
Mãe e marido de adolescente de 12 anos são autuados por estupro de vulnerável
PANDEMIA
Com mais dois óbitos confirmados, Dourados chega a 61 mortes por coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro