Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
(67) 99659-5905

União deve devolver parcelas do Imposto sobre Energia

08 agosto 2002 - 16h34

O Supremo Tribunal Federal julgou hoje parcialmente procedente a ação cível originária, movida pelo estado de São Paulo contra a União. O estado questionava o não repasse integral de 60% da receita do Imposto Único sobre Energia Elétrica (IUEE).
O estado alegou que, ao agir assim, a União descumpriu dispositivo da Constituição Federal de 1967. A União argumentou ter agido amparada em legislação que permitia dedução de meio por cento, como ressarcimento das despesas com arrecadação e fiscalização do encargo.
O Supremo julgou a ação parcialmente procedente, acompanhando por unanimidade o relator, ministro Maurício Corrêa. O ministro condenou a União a devolver as parcelas retidas a partir do início do qüinqüênio imediatamente anterior ao ajuizamento da ação, com juros de 1% e correção monetária.


Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Filho de Flávio Migliaccio desabafa sobre morte do pai
CLIMA
Em sábado frio, temperatura não passou dos 20°C em Dourados
COM PREMIAÇÃO
Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul selecionará 150 projetos
MEIO AMBIENTE
Prevenção e combate a incêndios florestais em MS envolverá setor público e privado
SIDROLÂNDIA
Homem que estava desaparecido é encontrado morto sem as orelhas em açude
BRASIL
Prefeito de Santa Quitéria do Maranhão morre por Covid-19
BRASIL
Estudo defende aprimoramento de norma que avalia endividamento público
CAPITAL
Vítima salta de porta-malas com carro em movimento para fugir de bandidos
BRASIL
Bolsonaro defende divulgação atrasada e parcial de dados
SAÚDE
CCZ notifica seis pessoas para limpar quintal neste sábado, em Dourados

Mais Lidas

PANDEMIA
Em disparada, casos de Covid-19 tem novo recorde diário e passam de 400 em Dourados
DOURADOS
Suspeito de apontar arma na cabeça de motoboy para roubar veículo é apreendido
DOURADOS
Empresário que vendeu gasolina sem imposto vê tributo mal usado no país
DOURADOS
Polícia descobre central que abastecia “bocas de fumo” e prende traficante