Menu
Busca segunda, 17 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

UFMS conclui pesquisa sobre Mal de Alzheimer

08 dezembro 2003 - 16h22

O estudo, que fez a avaliação neuropsicológica de 135 idosos voluntários no Hospital Universitário, para medir o controle executivo no comportamento cognitivo leve e na demência tipo Alzheimer, foi concluído e defendido recentemente como tese de doutorado na Escola Paulista de Medicina/UNIFESP pelo psicólogo e professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Amer Cavalheiro Hamdan.A pesquisa, que avaliou ainda outros 75 pacientes do Hospital do Servidor Público de São Paulo, comparou o desempenho de idosos saudáveis com os pacientes com diagnósticos definidos da Doença de Alzheimer. "A principal conclusão é de que é possível fazer diagnóstico precoce de indivíduos que, através dos testes neuropsicológicos, apresentaram déficit de memória muito antes da manifestação plena da doença."Foram avaliados três grupos de idosos - normal; com comprometimento cognitivo leve; e portador do Mal de Alzheimer, todos selecionados com equiparação de idade e de escolaridade. Foi aplicada, em cada paciente, uma bateria de 15 testes adaptados pelo pesquisador para avaliar a memória e o comportamento do controle executivo (execução de tarefas)."O grupo intermediário, com risco de desenvolver Alzheimer precisa ser acompanhado, com vistas a evitar o aparecimento da doença", garante o pesquisador. Segundo ele, é para esse lado da prevenção que as pesquisas estão sendo direcionadas, em todo o mundo; já que essa é uma doença que não tem cura, a prevenção, segundo os especialistas, quanto mais breve possível, garantirá menos comprometimento futuro.      O estudo, que fez a avaliação neuropsicológica de 135 idosos voluntários no Hospital Universitário, para medir o controle executivo no comportamento cognitivo leve e na demência tipo Alzheimer, foi concluído e defendido recentemente como tese de doutorado na Escola Paulista de Medicina/UNIFESP pelo psicólogo e professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Amer Cavalheiro Hamdan.A pesquisa, que avaliou ainda outros 75 pacientes do Hospital do Servidor Público de São Paulo, comparou o desempenho de idosos saudáveis com os pacientes com diagnósticos definidos da Doença de Alzheimer. "A principal conclusão é de que é possível fazer diagnóstico precoce de indivíduos que, através dos testes neuropsicológicos, apresentaram déficit de memória muito antes da manifestação plena da doença."Foram avaliados três grupos de idosos - normal; com comprometimento cognitivo leve; e portador do Mal de Alzheimer, todos selecionados com equiparação de idade e de escolaridade. Foi aplicada, em cada paciente, uma bateria de 15 testes adaptados pelo pesquisador para avaliar a memória e o comportamento do controle executivo (execução de tarefas)."O grupo intermediário, com risco de desenvolver Alzheimer precisa ser acompanhado, com vistas a evitar o aparecimento da doença", garante o pesquisador. Segundo ele, é para esse lado da prevenção que as pesquisas estão sendo direcionadas, em todo o mundo; já que essa é uma doença que não tem cura, a prevenção, segundo os especialistas, quanto mais breve possível, garantirá menos comprometimento futuro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS-166
Dois carros são apreendidos com produtos e pneus contrabandeados do Paraguai
POLÍTICA
Bolsonaro deve inaugurar colégio militar que leva nome de seu pai
DOURADOS
Contador preso durante operação é liberado por habeas corpus
SUPOSTA FRAUDE
Corguinho suspende concurso público após orientação do MPMS
DOURADOS
Délia deve anunciar “reforma geral” nos próximos dias
DOURADOS
Jovem faz desabafo sobre a morte do pai em confronto: “lamento por você ter escolhido esse caminho”
DOURADOS
Adolescente é abordado por dupla e assaltado na BR-463
REFIS
Contribuinte tem até sexta para quitar débito com desconto de até 90%
COMID MÁQUINAS
Eu apoio o projeto Natal para Todos - Dourados Brilha
EMPREGO
UEMS abre concurso para professores em quatro cidades de MS

Mais Lidas

ABV
Homem é preso por tentativa de furto em supermercado de Dourados
QUINTINO BOCAIUVA
Bombeiros combatem incêndio em apartamento no centro de Dourados
DOURADOS
Homem de 35 anos é preso acusado de estupro de vulnerável
CAMPO GRANDE
Motociclista encontra bilhete em retrovisor quebrado: 'Caráter'