Menu
Busca sexta, 22 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

UFMS conclui pesquisa sobre Mal de Alzheimer

08 dezembro 2003 - 16h22

O estudo, que fez a avaliação neuropsicológica de 135 idosos voluntários no Hospital Universitário, para medir o controle executivo no comportamento cognitivo leve e na demência tipo Alzheimer, foi concluído e defendido recentemente como tese de doutorado na Escola Paulista de Medicina/UNIFESP pelo psicólogo e professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Amer Cavalheiro Hamdan.A pesquisa, que avaliou ainda outros 75 pacientes do Hospital do Servidor Público de São Paulo, comparou o desempenho de idosos saudáveis com os pacientes com diagnósticos definidos da Doença de Alzheimer. "A principal conclusão é de que é possível fazer diagnóstico precoce de indivíduos que, através dos testes neuropsicológicos, apresentaram déficit de memória muito antes da manifestação plena da doença."Foram avaliados três grupos de idosos - normal; com comprometimento cognitivo leve; e portador do Mal de Alzheimer, todos selecionados com equiparação de idade e de escolaridade. Foi aplicada, em cada paciente, uma bateria de 15 testes adaptados pelo pesquisador para avaliar a memória e o comportamento do controle executivo (execução de tarefas)."O grupo intermediário, com risco de desenvolver Alzheimer precisa ser acompanhado, com vistas a evitar o aparecimento da doença", garante o pesquisador. Segundo ele, é para esse lado da prevenção que as pesquisas estão sendo direcionadas, em todo o mundo; já que essa é uma doença que não tem cura, a prevenção, segundo os especialistas, quanto mais breve possível, garantirá menos comprometimento futuro.      O estudo, que fez a avaliação neuropsicológica de 135 idosos voluntários no Hospital Universitário, para medir o controle executivo no comportamento cognitivo leve e na demência tipo Alzheimer, foi concluído e defendido recentemente como tese de doutorado na Escola Paulista de Medicina/UNIFESP pelo psicólogo e professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Amer Cavalheiro Hamdan.A pesquisa, que avaliou ainda outros 75 pacientes do Hospital do Servidor Público de São Paulo, comparou o desempenho de idosos saudáveis com os pacientes com diagnósticos definidos da Doença de Alzheimer. "A principal conclusão é de que é possível fazer diagnóstico precoce de indivíduos que, através dos testes neuropsicológicos, apresentaram déficit de memória muito antes da manifestação plena da doença."Foram avaliados três grupos de idosos - normal; com comprometimento cognitivo leve; e portador do Mal de Alzheimer, todos selecionados com equiparação de idade e de escolaridade. Foi aplicada, em cada paciente, uma bateria de 15 testes adaptados pelo pesquisador para avaliar a memória e o comportamento do controle executivo (execução de tarefas)."O grupo intermediário, com risco de desenvolver Alzheimer precisa ser acompanhado, com vistas a evitar o aparecimento da doença", garante o pesquisador. Segundo ele, é para esse lado da prevenção que as pesquisas estão sendo direcionadas, em todo o mundo; já que essa é uma doença que não tem cura, a prevenção, segundo os especialistas, quanto mais breve possível, garantirá menos comprometimento futuro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Jovem é presa com mala recheada de maconha que seria entregue em SP
POLÍTICA
Avanço de PEC da 2ª instância na Câmara gera impasse com Senado
PONTA PORÃ
Identificado vendedor ambulante pernambucano executado na fronteira
UNIGRAN
Acadêmicos da Faculdade de Ciências Agrárias participam da 4ª Agrotec
SEU BOLSO
Nascidos em junho e julho sem conta na Caixa podem sacar FGTS
CAPITAL
Homem morre em hospital após ser esfaqueado pelo enteado
TEMPO
Sexta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
NEGÓCIOS & CIA
Campanha Contador Parceiro!
PONTA PORÃ
Homem é executado a tiros em frente a aeroporto na fronteira
ECONOMIA
MS tem saldo de 19,7 mil contratações com carteira assinada em 2019

Mais Lidas

DOURADOS
Carro desgovernado faz 'strike' em motociclistas na avenida Indaiá; veja vídeo
ACIDENTE
Vídeo mostra momento em que helicóptero cai na fronteira; confira
FRONTEIRA
Helicóptero que retornava de operação cai em Pedro Juan Caballero
POLÍCIA
Após ter perdido olho em agressão, homem procura polícia para denunciar tentativa de homicídio no Flórida