Menu
Busca terça, 18 de junho de 2019
(67) 9860-3221

TRE diplomou prefeito de Ribas do Rio Pardo na manhã de hoje

02 dezembro 2003 - 13h56

Foram diplomados esta manhã o novo prefeito de Ribas do Rio Pardo, Roberson Luiz Moureira (PPS) e seu vice Antonio Almeida Correa (PSDB) eleitos na última sexta-feira, por eleição indireta. A diplomação foi feita pelo juiz eleitoral César Souza Lima, com a presença do prefeito interino Paulo Sezio Machado (PSDB), do presidente da Câmara de Vereadores, Osvaldo Diogo (PMDB) e dos vereadores Joaquim Santos de Oliveira, Sebastião Roberto Collis, José dos Santos Araújo (Zé da Horta), Wilson Aparecido dos Santos, Célia Pinto e Rosa Maria Moraes. A posse de Roberson Luiz Moureira e de Antonio Almeida Correa será marcada pelo presidente da Câmara. O atual prefeito, Paulinho, retornará então, para a presidência da Câmara. Roberson Moureira é engenheiro civil concursado na prefeitura onde trabalha há mais de 10 anos. Atualmente exercia o cargo de Gerente de Finanças e Planejamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Deputados votam na AL, projetos de representação à Câmara dos Deputados
POLÍCIA
Adolescente volta a ser apreendido por tráfico em Dourados
RODA DE CONVERSA
Encontro reúne pessoas com ideias inovadoras hoje em Dourados
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 125 milhões amanhã
ECONOMIA
Exportações industriais de MS ultrapassam US$ 1,5 bilhão em cinco meses
COPA AMÉRICA
Brasil encara Venezuela por vaga nas quartas de final
INFLUENZA
Com 22 mortes no ano, Saúde alerta população sobre a gripe
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
POLÍCIA
Ex-presidente da UEFA Michel Platini é detido na França por corrupção
SHOWBIZZ
Piovani quis se separar de Scooby para ficar com ator, diz colunista

Mais Lidas

AQUIDAUANA
Douradense desaparece nas águas do rio Aquidauana durante banho
PARAGUAI
Motim termina com 10 mortos e presos queimados e decapitados
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos
PONTA PORÃ
Mulher grávida é assassinada com 4 tiros na região de fronteira