Menu
Busca sexta, 22 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
BRASIL

Transporte escolar pode deixar de atender crianças com até 7 anos e meio

19 junho 2015 - 14h45

Agência Brasil

A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que exige o uso de cadeirinhas para crianças de até sete anos e meio em transporte escolar e que deve vigorar no início de 2016, é motivo de insatisfação para os motoristas. De acordo com eles, os veículos não são adaptados para comportar o assento e as crianças podem ficar sem transporte.

"Há um consenso entre os motoristas de que a resolução vai interferir no transporte de crianças nesta idade. Se algo vira uma regra passível de multa e não temos como cumpri-la, o jeito parece ser deixar de transportar essas crianças", disse o vice-presidente do Sindicato dos Transportes Escolares do Distrito Federal, Albenir Nogueira.

"Estamos tentando negociar. Estamos nos articulando para conseguir um encontro com o presidente do Contran a fim de mostrar as dificuldades dos motoristas em seguir a norma. Eu tenho certeza de que ele vai ver que realmente não é possível seguir a orientação”, avaliou Albenir.

Os motoristas reclamam que os carros não estão preparados para receber o assessório. Eles pontuam, por exemplo, a dificuldade em adaptar o cinto de segurança com três pontas, e não apenas as duas atuais, e que falta espaço para guardar as cadeiras quando estiverem transportando alunos mais velhos.

A resolução, publicada na quarta-feira (17), exige que crianças de até sete anos e meio sejam transportadas em cadeiras próprias à idade nos veículos escolares. A decisão não se aplica ao transporte coletivo, aos de aluguel, aos de transporte autônomo de passageiro, como táxis, e aos demais veículos com peso bruto total superior a 3,5 toneladas. A regra vale para carros de passeio desde 2010.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Veículos roubados no Mato Grosso são recuperados na BR-163
PASSOU MAL
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio
RIOS DE MS
Decreto é publicado e cota zero começa no ano que vem
DIVERSÃO
Jogos divertidos que melhor transitaram para o mundo virtual
DOURADOS
Pacientes ficam "reféns" de único mamógrafo no Centro de Atendimento à Mulher
PREVENÇÃO
Com distribuição de informativos e preservativos, SES reforça combate à aids durante carnaval
ESTADUAL
Sete e Operário de Dourados fazem clássico local no final de semana
MEDICINA
Chega ao Brasil uma nova vacina para meningite B
BRASIL
Confiança do consumidor recua 0,5 ponto em fevereiro
RIO DE JANEIRO
Belezas naturais e excelente gastronomia, conheça Nova Friburgo

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Prorrogadas inscrições em processo seletivo para contratação de Assistentes de Atividades Educacionais
MAIS UM
Délia exonera secretário de Saúde e adjunta assume o posto
TURISMO
Deputado "mata" trabalho para passar nove dias em peregrinação
AMAMBAI
Homem mata a ex-mulher a facadas na frente dos sete filhos