Menu
Busca segunda, 16 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Transporte de passageiros é tema de Fórum hoje na Capital

11 dezembro 2003 - 14h38

O projeto de requalificação e modernização do transporte intermunicipal de passageiros estará concluído até o final do mês de janeiro, segundo informou hoje o diretor-presidente da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan), Anízio Tiago. A expectativa é apresentar no mês de fevereiro a versão final com as propostas ao Poder Executivo e às concessionárias que operam o serviço. Seria então remetido um projeto de lei para apreciação da Assembléia Legislativa.“A Assembléia aprovando, nós teremos já no primeiro semestre de 2004 novas tecnologias, novos veículos, novos equipamentos, melhorando efetivamente a qualidade do transporte rodoviário de passageiros”, informou Tiago, que abriu esta manhã em Campo Grande o III Fórum Nacional de Transporte Intermunicipal de Passageiros. O evento é realizado pela Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR) e reúne em torno de 50 participantes de 11 agências estaduais filiadas. A Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) também está no encontro para falar sobre descentralização na fiscalização do transporte interestadual.  A Agepan propôs a realização do Fórum, visando contar com subsídios de estados que já desenvolveram projetos para modernizar seus sistemas de transporte. Diretores e técnicos da agência estadual acreditam que a experiência dos parceiros poderá ajudar Mato Grosso do Sul a construir uma proposta que torne o serviço moderno, competitivo e capaz de atender bem à população.O projeto estadual vem sendo coordenado pela Agepan e está na fase de análise de dados da pesquisa e mapeamento realizados em todas as linhas e terminais rodoviários. “A partir do Fórum, entraremos na fase de propor mudanças e adequações”, informa o diretor-presidente da Agepan. Tiago adianta que a implantação do projeto passa pela renovação de pelo menos 100 ônibus da frota intermunicipal já em 2004, a introdução de veículos de médio porte (de 12 a 20 lugares) e a rediscussão da tarifa. “Sem dúvida que é necessária uma avaliação criteriosa do sistema operacional, objetivando discutir o valor da tarifa”, afirma, destacando que é possível estabilizar ou até mesmo reduzir o valor pago pelos usuários.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Daniella Cicarelli exibe braços fortes e ganha elogios de seguidores
SEU BOLSO
Consulta do saldo do PIS-Pasep com valor reajustado começa hoje
DOURADOS
Motociclista morre após “roletar” Monte Alegre e bater em dois carros
ECONOMIA
Uso do eSocial passa a ser obrigatório para todas as empresas
FUTEBOL
Sete de Setembro bate Operário e assume a liderança no Sub-19
DOURADOS
Homem é assassinado na porta da própria casa
CAMPO GRANDE
Rapaz de 25 anos é assassinado a tiros enquanto pintava motocicleta
EDUCAÇÂO
Fies do segundo semestre abre hoje inscrições para 155 mil vagas
TRÁFICO
Polícia apreende cocaína avaliada em R$ 1 milhão em Dourados
LEÃO
Mais de 3,3 milhões de contribuintes recebem hoje restituição do IR

Mais Lidas

RESIDENCIAL BONANZA
Homem atropela casal em Dourados após ser contrariado
DOURADOS
Homem é atropelado após “roletar” avenida com bicicleta motorizada
MS-156
Rapaz morre após ser atropelado duas vezes em rodovia
PEDRO JUAN
Troca de tiros deixa 3 pessoas feridas na fronteira