Menu
Busca quinta, 22 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018

Tráfico de pessoas é intenso em regiões de pesca em MS

04 dezembro 2003 - 13h08

Os municípios de Bonito, Coxim, Corumbá e Porto Murtinho são as principais rotas utilizadas para o tráfico de seres humanos em Mato Grosso do Sul, sobretudo com fins de exploração sexual, segundo informa a secretária estadual de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária, Eloísa Castro Berro. Ela participou esta manhã da abertura do 1º Seminário Interestadual Sobre Tráfico de Seres Humanos e Trabalho Escravo, que está sendo realizado na Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal), em Campo Grande.De acordo com Eloísa, o grande fluxo de turistas, sobretudo na alta temporada, é um complicador, aliado a dificuldades na fiscalização. Ao final do Seminário, nesta sexta-feira, serão encaminhadas aos órgãos que atuam no combate ao tráfico de pessoas e ao trabalho escravo

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
UEMS abre vagas para reingresso, transferência interna e aluno especial
ORIENTAÇÃO
Tribunal de Contas do Estado capacita vereadores em Seminário
FAZENDA
Sequestrado em balada na Capital é localizado pela PM de Rio Negro
EDUCAÇÃO
Instituto Federal divulga terceira chamada para cursos superiores
CINCO ESTADOS
Polícia descobre esconderijo de quadrilha de roubo a bancos em MS
CHUVAS
Imasul alerta para transbordamento do Rio Miranda nas próximas 24h
GRATUITO
CNH Digital já é utilizada por 1.159 condutores de MS, aponta pesquisa
TECNOLOGIA
Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook
ECONOMIA
Dólar fecha em queda, a R$ 3,247
RECUPERAÇÃO
Agesul interdita trecho da MS-338 para fazer melhorias na drenagem

Mais Lidas

DESAPARECIDA
Corpo encontrado no rio Dourados é de Débora Dias
ESTRELA PORÃ
Polícia fecha “boca” que abastecia região Oeste de Dourados
RESIDENCIAL ROMA
Criança fica ferida ao cair de prédio em Dourados
DOURADOS
Mulher é baleada durante assalto na avenida Indaiá