Menu
Busca segunda, 17 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

TJ realiza dois leilões sexta-feira em Campo Grande

15 dezembro 2003 - 16h55

O Tribunal de Justiça realiza sexta-feira dois leilões nas dependências do depósito da Seção de Controle e Manutenção de Patrimônio, no Núcleo Industrial, em Campo Grande. A partir das 9 horas, estarão sendo leiloados os lotes 001 a 152, que compreendem mobiliários diversos e máquinas de escritório e, a partir das 12 horas, serão leiloados veículos de passeio utilitário e motocicletas.Podem participar do leilão tanto as pessoas físicas quanto as jurídicas, devendo apenas oferecer o maior lance pelo lote desejado. Se o arremate for por pessoa física, é necessário apresentar RG e CPF. Caso seja pessoa jurídica, é preciso apresentar contrato social, RG do arrematador ou, se procurador, instrumento de mandato público ou particular com firma reconhecida e o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).O arrematador deverá pagar no ato a importância correspondente a 20% do valor do lance, mais a taxa de 5% dos serviços da leiloeira oficial. O restante deverá ser pago no prazo máximo de 48 horas após o leilão. As despesas com remoção dos lotes ficam sob a responsabilidade dos arrematantes. No caso dos veículos, a transferência de documentação, emissão do Documento Único de Trânsito (DUT), vistorias, imposto sobre propriedade de veículos automotores e atualização do seguro obrigatório são de responsabilidade dos arrematantes. Os veículos serão entregues ao arrematante livres de eventuais multas, até a data do leilão e o comprador terá 30 dias para realizar a transferência. No caso dos veículos considerados sucatas, não será fornecido o DUT.Os 152 lotes de objetos são formados por microcomputadores 386 e 486, terminais de vídeo, impressoras matriciais e jato de tinta, máquinas datilográficas manuais, estabilizadores, mesas, armários de aço, aparelhos de ar-condicionado, bebedouros, cadeiras e sofás, tudo montado em lotes que variam de 1 a 49 peças, com lances iniciais de, no mínimo, 10 reais e, no máximo, de 400 reais.Entre os veículos estão sete motos da marca Honda, modelo CG 125, ano 1984, das quais cinco foram avaliadas em “bom estado de conservação” e os lances, variam entre 450 e 600 reais. O restante é composto por veículos de diversas marcas e modelos, sendo que o valor dos lances variam de 400 reais, no caso da sucata, e 3.200 reais no veículo GM Trafic, movido a diesel, com ano de fabricação 1991.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BENEFÍCIO
Saque do FGTS 100% digital é lançado pela Caixa
POLÍTICA
Em carta, 20 governadores reclamam de postura do presidente Bolsonaro
ATUALIZAÇÃO
Número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil continua em três
IGUATEMI
Após agredir esposa, policial mata sogro com tiro no peito em fazenda
JUSTIÇA
Sucessor de Minotauro é denunciado por posse de arma de fogo
QUEIMA
Polícia incinera mais de 3 toneladas de drogas
DOURADOS
Sensação térmica chega próximo a 40ºC em dia de temperatura mais alta do ano
CAMPO GRANDE
Estelionatário que vendia produtos falsificados pela internet é preso em flagrante
COTAÇÃO
Dólar abre a semana em alta e chega a R$ 4,32
MS-384
Ministério Público instaura inquérito para apurar condições de rodovia

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei