Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

TJ/MS vai realizar leilão público sexta-feira

15 dezembro 2003 - 16h20

Na próxima sexta-feira, dia 19 de dezembro, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, realiza dois leilões, nas dependências do depósito da Seção de Controle e Manutenção de Patrimônio, localizado na Av. Principal, nº 205, BR 262, Núcleo Industrial, em Campo Grande. A partir das 9 horas, estarão sendo leiloados os lotes 001 a 152, que compreendem mobiliários diversos e máquinas de escritório e, a partir das 12 horas, serão leiloados veículos de passeio utilitário e motocicletas.Podem participar do leilão tanto as pessoas físicas quanto as jurídicas, devendo apenas oferecer o maior lance pelo lote desejado. Se o arremate for por pessoa física, é necessário apresentar RG e CPF. Caso seja pessoa jurídica, é preciso apresentar contrato social, RG do arrematador ou, se procurador, instrumento de mandato público ou particular com firma reconhecida e o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).O arrematador deverá pagar no ato a importância correspondente a 20% do valor do lance, mais a taxa de 5% dos serviços da leiloeira oficial. O restante deverá ser pago no prazo máximo de 48 horas após o leilão. As despesas com remoção dos lotes ficam sob a responsabilidade dos arrematantes. No caso dos veículos, a transferência de documentação, emissão do Documento Único de Trânsito (DUT), vistorias, imposto sobre propriedade de veículos automotores e atualização do seguro obrigatório são de responsabilidade dos arrematantes. Os veículos serão entregues ao arrematante livres de eventuais multas, até a data do leilão e o comprador terá 30 dias para realizar a transferência. No caso dos veículos considerados sucatas, não será fornecido o DUT.Os 152 lotes de objetos são formados por microcomputadores 386 e 486, terminais de vídeo, impressoras matriciais e jato de tinta, máquinas datilográficas manuais, estabilizadores, mesas, armários de aço, aparelhos de ar-condicionado, bebedouros, cadeiras e sofás, tudo montado em lotes que variam de 1 a 49 peças, com lances iniciais de, no mínimo, 10 reais e, no máximo, de 400 reais.Entre os veículos estão sete motocicletas da marca Honda, modelo CG 125, ano 1984, das quais cinco foram avaliadas em “bom estado de conservação” e os lances, variam entre 450 e 600 reais. O restante é composto por veículos de diversas marcas e modelos, sendo que o valor dos lances variam de 400 reais, no caso da sucata, e 3.200 reais no veículo GM Trafic, movido a diesel, com ano de fabricação 1991. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIMES AMBIENTAIS
Multas aplicadas durante Carnaval 2020 é quatro vezes maior que no último ano
CORUMBÁ
Homem é preso com faca após ser flagrado pela mulher na cama com amante
ITAHUM
Pesticida apreendido em Dourados pesou quase 2 toneladas
OUSADIA
Ladrões invadem casa em bairro da Capital e roubam de revólver a SW4
QUARTA-FEIRA DE CINZAS
Douradenses fazem filas em agências bancárias após Carnaval
CLIMA
Defesa Civil emite alerta de chuvas e ventos fortes para quase 40 municípios de MS
EDUCAÇÃO
UEMS publica a terceira Chamada da Lista de Espera do Sisu
PONTA PORÃ
Fugindo da polícia, assaltantes cruzam fronteira e um morre
DOURADOS
Cadastro de biometria pode ser feito aos sábados a partir deste fim de semana
ITAHUM
Motorista é preso em Dourados com carga de pesticida contrabandeado

Mais Lidas

DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar