Menu
Busca quarta, 20 de março de 2019
(67) 9860-3221

TJ acolhe três pedidos de intervenção em Ponta Porã

12 dezembro 2003 - 15h05

O Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, por unanimidade, julgou procedente três pedidos de intervenção estadual no município de Ponta Porã, que fica na fronteira com o Paraguai. Todos os requerimentos foram causados pelo fato de o município não ter efetuado os valores constantes dos precatórios de requisição de pagamento, determinado pelo TJ em favor de seus credores, beneficiários dos créditos correspondentes.O primeiro Pedido de Intervenção de nº 2003.001253-2, requerido por Odete Aguero Borges Lara, deu-se em razão do não-pagamento de 4 mil e 227 reais. Já no Pedido de nº 2003.006472-9, a Real Seguradora S.A não foi beneficiada com o cumprimento de um crédito correspondente a 5 mil e 837 reais. Ainda, o inadimplemento do valor de 1 milhão, 87 mil, 756 reais, que favorece a Financial Construtora Industrial, resultou no Pedido de Intervenção nº 2003.008468-1. Da intervenção

Deixe seu Comentário

Leia Também

ABIGEATO
Idosa procura polícia após ter 15 porcos furtados de chácara
EDUCAÇÃO
Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem
CONCURSO
Prefeitura abre inscrições para Procurador com salário de R$ 10 mil
JUSTIÇA
Após criar drone, estudante de MS é selecionado para evento no Japão
COSTA RICA
Quatro são presos com 84 quilos de cocaína em rodovia BR-359
BRASÍLIA
Secretário de MS participa de reunião com representantes da Senad
CASSILÂNDIA
Mãe flagra peão estuprando filha e PM usa bala de borracha para deter
FUTEBOL
TJD pune Aquidauanense e Sete pega o Costa Rica nas quartas
TECNOLOGIA
UEMS de Dourados oferta curso de Informática Básica à comunidade
10 ANOS
Reforma da Previdência dos militares prevê economia de R$ 10,45 bi

Mais Lidas

PREJUÍZO
Chuva forte derruba árvores e deixa ruas alagadas em Dourados
DOURADOS
Pai e madrasta de criança morta por agressão vão a júri popular
FRONTEIRA
Homem é executado enquanto tomava tereré na frente de açougue
IMPETUS
“Central de inteligência” do PCC que planejava matar servidores de MS é desarticulada na PED