Menu
Busca quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
ARTIGO

Titulo de aforamento perpétuo

18 junho 2015 - 12h45

Muitos que chegaram a Dourados no início de sua formação, adquiriram por aforamento perpétuo a maior parte dos imóveis. Eram grandes, onde foram construídas as primeiras casas residenciais e comerciais.

Meu pai morava no lugar denominado Picada do Romualdo, hoje Distrito de Picadinha, onde chegou e se instalou definitivamente em 1942, após adquirir a primeira propriedade denominada de São João e Penha. Ali abriu uma casa de comércio nominada de Casa Brasil, a seguir abriu vários negócios: fábrica da pinga Ferreirinha, extração de madeiras, foi cartorário, cortou parte das terras para loteamento. Meus filhos hoje estão dando continuidade ao seu sonho na área agrícola e pecuária.

Certa vez recebeu a visita de uma pessoa à procura de uma alça prima, afinal tinha duas e permutou uma delas por uma área de 2.500 metros quadrados em Dourados. Muitos imóveis como este já foram transferidos a terceiros, pois havia muitos aventureiros na região e poucos acreditavam no seu progresso. Os negócios eram praticamente realizados à base da troca e havia muita oferta no mercado imobiliário.

Passados 68 anos, ainda detemos 50 metros na Avenida Weimar Gonçalves Torres e 25 metros na Rua General Osório, onde está a minha residência e meu escritório de advocacia, bem como a residência da minha irmã Iracema e alguns salões alugados.

Nossa propriedade urbana está localizada no quarteirão número 01, onde praticamente foi feito o primeiro loteamento, a partir da quadra A, área central e hoje está se tornando uma região muito forte no comércio, principalmente na área de alimentação, onde há vários restaurantes. A municipalidade depois de mais de 40 anos está rebaixando o canteiro da avenida, dando uma melhor visibilidade para o trânsito.

O prefeito João Augusto Capilé Júnior, conhecido como Sinjão Capilé foi quem outorgou a meu pai o título de aforamento perpétuo do referido imóvel. Faleceu aos 99 anos em Cuiabá no dia 02/06 do corrente mês.

José Tibiriçá Martins Ferreira, advogado e produtor rural na Picadinha

Deixe seu Comentário

Leia Também

SELEÇÃO
CBF divulga numeração para últimos amistosos do ano
FISCALIZAÇÃO
Ação contra comércio de pneus usados apreendeu produtos em lojas de Dourados e Campo Grande
LAVA JATO
Lula será interrogado hoje pela juíza que substitui Sérgio Moro
DOURADOS
Polícia faz ação em ‘favelinha’ em busca de criminosos
NOVEMBRO AZUL
'Papo Aberto' acontece nesta quarta-feira, na Unidade 2 da UFGD
TELEVISÃO
Masterchef Profissionais: André é eliminado e Paola cai em prantos
RIO BRILHANTE
Prefeito anuncia corte do próprio salário em 10%
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
ENCONTRO
Azambuja e outros governadores se reúnem hoje com presidente eleito Bolsonaro
PALESTRA
Audiência será realizada em alusão ao mês da Consciência Negra

Mais Lidas

PEDRO JUAN
Advogada de narcotraficantes brasileiros morre após atentado na fronteira
PARAGUAI
Polícia paraguaia acredita que pistoleiros brasileiros mataram advogada
PEDRO JUAN CABALLERO
Vídeo mostra momento em que advogada é atingida por pistoleiros
FRONTEIRA
Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é alvo de atentado com 14 tiros