Menu
Busca sábado, 22 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
ARTIGO

Titulo de aforamento perpétuo

18 junho 2015 - 12h45

Muitos que chegaram a Dourados no início de sua formação, adquiriram por aforamento perpétuo a maior parte dos imóveis. Eram grandes, onde foram construídas as primeiras casas residenciais e comerciais.

Meu pai morava no lugar denominado Picada do Romualdo, hoje Distrito de Picadinha, onde chegou e se instalou definitivamente em 1942, após adquirir a primeira propriedade denominada de São João e Penha. Ali abriu uma casa de comércio nominada de Casa Brasil, a seguir abriu vários negócios: fábrica da pinga Ferreirinha, extração de madeiras, foi cartorário, cortou parte das terras para loteamento. Meus filhos hoje estão dando continuidade ao seu sonho na área agrícola e pecuária.

Certa vez recebeu a visita de uma pessoa à procura de uma alça prima, afinal tinha duas e permutou uma delas por uma área de 2.500 metros quadrados em Dourados. Muitos imóveis como este já foram transferidos a terceiros, pois havia muitos aventureiros na região e poucos acreditavam no seu progresso. Os negócios eram praticamente realizados à base da troca e havia muita oferta no mercado imobiliário.

Passados 68 anos, ainda detemos 50 metros na Avenida Weimar Gonçalves Torres e 25 metros na Rua General Osório, onde está a minha residência e meu escritório de advocacia, bem como a residência da minha irmã Iracema e alguns salões alugados.

Nossa propriedade urbana está localizada no quarteirão número 01, onde praticamente foi feito o primeiro loteamento, a partir da quadra A, área central e hoje está se tornando uma região muito forte no comércio, principalmente na área de alimentação, onde há vários restaurantes. A municipalidade depois de mais de 40 anos está rebaixando o canteiro da avenida, dando uma melhor visibilidade para o trânsito.

O prefeito João Augusto Capilé Júnior, conhecido como Sinjão Capilé foi quem outorgou a meu pai o título de aforamento perpétuo do referido imóvel. Faleceu aos 99 anos em Cuiabá no dia 02/06 do corrente mês.

José Tibiriçá Martins Ferreira, advogado e produtor rural na Picadinha

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Luísa Sonza posa de biquíni e anuncia chegada à Fernando de Noronha
SAÚDE
Horário de verão poderá ser proibido em todo o Brasil
RIO BRILHANTE
Trio é condenado a 47 anos de prisão por matar adolescente a tiros
ECONOMIA
Servidor de Dourados terá acesso ao crédito consignado da Sicredi
POLÍCIA
Agepen etuda ajustar tornozeleiras eletrônicas após 'gambiarra'
FIT
Estão abertas as inscrições para oficina de maquiagem artística
RIO BRILHANTE
Homem invade hospital atrás da ex-mulher esfaqueada por ele
SEU BOLSO
Preço da gasolina chega a R$ 4,65 mesmo sem reajuste nas refinarias
FUTEBOL
Seleção Sub-20 é convocada com Paulinho, Vinicius Jr e Rodrygo
ITINERANTE
Carreta da Justiça oficializa união de casal junto há 46 anos

Mais Lidas

DOURADOS
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa no Dioclécio Artuzi
DIOCLÉCIO ARTUZI
Polícia divulga imagens de criança de 1 ano desaparecida em Dourados
PEDRO JUAN
Polícia paraguaia apreende carga de maconha com adesivos de “Lula Livre”
JARDIM AEROPORTO
Durante confronto com a PM, rapaz é baleado no tórax e morre em hospital