Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

Tetila anuncia empenho da 1ª parcela de recursos ao HU

04 dezembro 2003 - 11h39

O prefeito de Dourados Laerte Tetila (PT) anunciou há pouco, o empenho de R$ 1.370.000,00 equivalente à primeira parcela dos R$ 4,8 milhões que serão destinados à compra de equipamentos para o Hospital Universitário. Com os recursos serão adquiridos equipamentos que vão possibilitar a implementação de serviços de média e alta complexidade em saúde. A idéia inicial do prefeito Tetila é começar a aquisição de equipamentos para o Centro Cirúrgico. No entanto, a compra de todos os equipamentos será feita pela Secretaria Estadual de Saúde, e em seguida, encaminhado ao município.Desde que começou a funcionar em abril deste ano, já foram realizados mais de 130 mil procedimentos atendendo toda a região da Grande Dourados. Só de consultas médicas foram realizadas, no mês de novembro, 4.548. “A cada mês, nós recebemos um número maior de consultas”, salienta a diretora administrativa do HU, Dinaci Ranzi. A decisão de fazer funcionar o HU faz parte de um compromisso do prefeito Laerte Tetila com a população e com a Sociedade Douradense de Beneficiência (Sodobem), antiga dona do terreno onde o Hospital foi construído.Além de cuidar da saúde de 48% da população do Estado, o HU vai servir como meio de aprendizagem para os futuros médicos que hoje estudam na unidade II da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O último passo para colocar o Hospital em completo funcionamento é o aumento do teto de mais R$ 1.100.000,00 por mês para manutenção do hospital. Para isso, a secretária Maria de Fátima e o prefeito estão recorrendo a articulações polícias para garantir o valor.A conquista de verba federal para equipar o HU foi uma luta do prefeito Laerte Tetila, do governador Zeca do PT, do senador Delcídio do Amaral, do deputado federal João Grandão e de outros membros da bancada federal que desde o ano passado vêm articulando meios para conseguir colocar o hospital em completo funcionamento. Com o HU em atividade, vai ser possível desafogar a sobrecarga de internações que existe em hospitais que prestam serviços ao Sistema Único de Saúde no município. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAARAPÓ
Mulher encontrada morta é identificada e perícia descarta feminicídio
JUDICIÁRIO
TJ/MS prorroga suspensão de prazos de processos físicos até 30 de outubro
FURTOS
Após fugir da Unei, ‘homem-aranha’ douradense é capturado na Jaguapiru
MARACAJU
Homem encontrado morto na beira de estrada pode ter sido vítima de latrocínio
BRASIL
STF autoriza estados a criar e explorar jogos lotéricos
MATO GROSSO DO SUL
Governo deposita salários de servidores nesta quinta-feira
ECONOMIA
Após debate presencial nos EUA, dólar cai e fecha cotado a R$ 5,61
CAMPO GRANDE
Plano de saúde deve ressarcir segurada por despesas médico-hospitalares
PANTANAL
Com controle do fogo no Amolar, combate aos focos ocorre na fronteira com a Bolívia
ECONOMIA
Guedes diz que Brasil “volta aos trilhos” com criação de empregos

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira