Menu
Busca sábado, 15 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Testemunha pode ajudar a desvendar morte de Milena em Corumbá

16 dezembro 2003 - 11h20

A Polícia Civil de Corumbá confia em um depoimento para tentar apurar em quais circunstâncias ocorreram as mortes de Milena Alves de Arruda, de 7 anos, e de Luis Diego da Silva, de 16 anos, no final de setembro. O corpo da menina estava em um quarto da casa do rapaz e ele foi encontrado baleado na sala. Há duas hipóteses: o adolescente ter matado Milena e cometido o suicídio ou então outra pessoa ter estado na casa e cometido os crimes. O delegado que investiga o caso em Corumbá, Haroldo Matoso, disse que já há um depoimento contundente que pode ajudar a desvendar o caso. O exame residuográfico feito a partir de material coletado nas mãos do padrasto da menina e de Luis Diego não apontou vestígios de pólvora. No caso do rapaz, reconhece o delegado, a coleta ocorreu quando ele já estava internado e tinha passado por uma limpeza (o rapaz morreu no hospital). Necropsia apontou que a menina sofreu afogamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senado
Adicional de insalubridade para gestantes está na pauta do Plenário
ESPORTES
UFC Milwaukee tem duelo top 10 dos leves e três brasileiros em situações distintas
SEU BOLSO
Refis: contribuinte tem até sexta-feira para quitar débito de ICMS com desconto de até 90%
BRASIL
João de Deus vai se entregar, diz defesa
BRASIL
Fazenda defende venda direta de etanol do produtor para os postos
ECONOMIA
Estiagem ocorre em fase crítica da soja no Sul do MS
MS
Dois ficam feridos em acidente na BR-262
BRASIL
Dívida pública é desafio para o Orçamento do país, dizem parlamentares
CAMPO GRANDE
Mulher é presa por tráfico internacional de armas
CAMPO GRANDE
Casal de irmãos é atingido por tiros em frente de casa

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a facadas horas após sair da prisão
DOURADOS
Homem morto a facadas foi preso em novembro por tentar atropelar a mulher
DOURADOS
Jovem colide veículo em poste na avenida Marcelino Pires
CRIME AMBIENTAL
Polícia fecha rinha de galo em Dourados e homem é multado em mais de R$ 16 mil