Menu
Busca Quarta, 13 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Temer volta a Brasília após alinhar estratégia de defesa com advogados em SP

Temer volta a Brasília após alinhar estratégia de defesa com advogados em SP

30 Setembro 2017 - 15h20Por G1

O presidente da República, Michel Temer, retornou neste sábado (30) a Brasília de viagem de um dia a São Paulo para discutir com advogados estratégia de defesa para a segunda denúncia, que será analisada pela Câmara dos Deputados nas próximas semanas.


Temer é alvo de uma segunda denúncia da Procuradoria Geral da República, desta vez por organização criminosa e obstrução à Justiça. Caberá à Câmara autorizar ou não o Supremo Tribunal Federal (STF) a analisá-la. Além dele, a denúncia envolve ainda os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral) e Eliseu Padilha (Casa Civil).


O presidente foi notificado na quarta-feira (27) pela Câmara sobre a chegada da denúncia. A defesa dele terá prazo de até dez sessões do plenário para apresentar os seus argumentos à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que apreciará o caso antes de enviá-lo ao plenário.


O presidente pousou por volta de 11h40 deste sábado na capital federal e seguiu para o Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência da República, onde mora. Assim que chegou, ele já recebeu Moreira Franco.


Antes, pela manhã, ele havia se reunido em São Paulo com o consultor político e amigo Gaudêncio Torquato. O tema do encontro não foi divulgado.


Segundo o Palácio do Planalto, o presidente não tem, por enquanto, compromissos oficiais neste fim de semana, apenas agenda privada.

Segundo o Blog da Andréia Sadi, o presidente foi a São Paulo tratar da denúncia. Ele se encontrou na tarde de sexta com os advogados Antonio Claudio Mariz, que deixou sua defesa na semana passada, e Eduardo Carnelós, seu novo defensor.

Embora tenha deixado a causa, Mariz segue como um dos principais conselheiros do presidente. O advogado alegou conflito de interesse por ter atuado na defesa do doleiro Lúcio Funaro.


Funaro fez uma delação premiada – homologada pelo STF – e parte dos depoimentos serviu para basear a segunda denúncia contra Temer.


Temer também recebeu na sexta a deputada Bruna Furlan (PSDB-SP). A parlamentar foi a única tucana da bancada paulista a votar a favor de Temer na primeira denúncia na Câmara dos Deputados.


O presidente aproveitou ainda a sua ida a São Paulo para fazer exames de rotina no Hospital Sírio Libanês.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
SOMOS TODOS PELE
Atriz posta foto nua e "sem retoques"
LEGISLATIVO
Senado aprova relatório de Moka que autoriza cooperativa a captar recursos de municípios
DOURADOS
Líderes de bairro destacam atuação de Délia em 2017
INCLUSÃO
CCJ da Câmara autoriza a Bolívia entrar no Mercosul
HU-UFGD
Psicóloga desenvolve Guia Prático de Acolhimento para Profissionais de Neonatologia
BRASIL
Mais de 8 mil profissionais brasileiros se inscreveram no Mais Médicos
MELHORIAS
Governadores do Codesul enviam reivindicações a Temer
EMPREGO
Funtrab: Último mutirão de atendimento do ano acontece nesta sexta-feira
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
Ex-prefeitos da Capital são alvo de ação judicial do MPE

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Identificada motorista que morreu após acidente na BR-163
DOURADOS
Família é presa com mais de R$ 18 mil falsos na BR 463
BR-463
Douradense é preso com maconha após luta corporal com policial
MARIDO É SUSPEITO
Atacada enquanto dormia tem 25% do corpo queimado