Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Temer volta a Brasília após alinhar estratégia de defesa com advogados em SP

Temer volta a Brasília após alinhar estratégia de defesa com advogados em SP

30 setembro 2017 - 15h20Por G1

O presidente da República, Michel Temer, retornou neste sábado (30) a Brasília de viagem de um dia a São Paulo para discutir com advogados estratégia de defesa para a segunda denúncia, que será analisada pela Câmara dos Deputados nas próximas semanas.


Temer é alvo de uma segunda denúncia da Procuradoria Geral da República, desta vez por organização criminosa e obstrução à Justiça. Caberá à Câmara autorizar ou não o Supremo Tribunal Federal (STF) a analisá-la. Além dele, a denúncia envolve ainda os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral) e Eliseu Padilha (Casa Civil).


O presidente foi notificado na quarta-feira (27) pela Câmara sobre a chegada da denúncia. A defesa dele terá prazo de até dez sessões do plenário para apresentar os seus argumentos à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que apreciará o caso antes de enviá-lo ao plenário.


O presidente pousou por volta de 11h40 deste sábado na capital federal e seguiu para o Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência da República, onde mora. Assim que chegou, ele já recebeu Moreira Franco.


Antes, pela manhã, ele havia se reunido em São Paulo com o consultor político e amigo Gaudêncio Torquato. O tema do encontro não foi divulgado.


Segundo o Palácio do Planalto, o presidente não tem, por enquanto, compromissos oficiais neste fim de semana, apenas agenda privada.

Segundo o Blog da Andréia Sadi, o presidente foi a São Paulo tratar da denúncia. Ele se encontrou na tarde de sexta com os advogados Antonio Claudio Mariz, que deixou sua defesa na semana passada, e Eduardo Carnelós, seu novo defensor.

Embora tenha deixado a causa, Mariz segue como um dos principais conselheiros do presidente. O advogado alegou conflito de interesse por ter atuado na defesa do doleiro Lúcio Funaro.


Funaro fez uma delação premiada – homologada pelo STF – e parte dos depoimentos serviu para basear a segunda denúncia contra Temer.


Temer também recebeu na sexta a deputada Bruna Furlan (PSDB-SP). A parlamentar foi a única tucana da bancada paulista a votar a favor de Temer na primeira denúncia na Câmara dos Deputados.


O presidente aproveitou ainda a sua ida a São Paulo para fazer exames de rotina no Hospital Sírio Libanês.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Polícia apreende carretas com droga estimada em 5 toneladas
MS
Paciente deverá receber atendimento domiciliar pelo SUS
CAMPO GRANDE
Justiça concede tutela antecipada para que Estado deixe de realizar obra no Parque dos Poderes
BRASIL
Parecer da previdência dos militares será apresentado em setembro
DOURADOS
Igreja forma nova turma de músicos e apresenta concerto
COSTA RICA
Polícia encontra armas na casa de empresário suspeito de violência doméstica
ALERTA
Saúde confirma casos de sarampo em mais 7 estados
SANGUE FRIO
MPF recorre de sentença que absolveu dois acusados em uma das ações
LOMBADAS
Detran-MS negocia dívida e pede rescisão de contrato com empresa de radares no Estado
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após início de nova atuação do BC no câmbio

Mais Lidas

ESTUPRO
Homem é preso após dormir com a namorada de 11 anos
DOURADOS
Ladrão é preso acusado no furto de carro, R$ 30 mil em joias e eletrônicos
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
POLÍCIA
Integrante de quadrilha especializada em roubo à famílias é apresentado pelo SIG