Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Telefônicas têm de comprovar ligações de tele-sexo, diz TJ

11 dezembro 2003 - 14h09

A 3ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Estado, em sessão realizada na terça-feira, negou provimento à Apelação nº 2003.006753-1, interposta pela Embratel contra a sentença que declarou a inexistência de débito relativo a ligações internacionais de serviços de tele-sexo.Em decisão unânime, os Desembargadores entenderam que a Embratel deveria ter provado que as ligações foram feitas pela apelada, uma vez que o usuário da linha telefônica não dispõe de elementos técnicos para comprovar que as ligações que constam na sua fatura não partiram do telefone instalado em sua residência, sendo esse o entendimento do Superior Tribunal de Justiça. No caso, a consumidora apelada alega que não efetuou as ligações internacionais relacionadas ao serviço de tele-sexo, bem como, não autorizou qualquer pessoa a fazer as referidas ligações. De outro lado, a Embratel alega que as ligações registradas estão corretas.Os magistrados também ressaltaram a possibilidade de serem feitas chamadas de pontos diferentes e a inclusão em uma determinada linha, resultando na cobrança de ligações não realizadas pelo usuário.Fatos: Em maio de 2000, T.P.da S. recebeu uma fatura emitida pela Embratel constando inúmeras ligações internacionais para São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Nigéria, que somaram o total de R$ 139,00. Procurou a concessionária para informar que as ligações não foram feitas pelos moradores da sua residência, mas nada foi feito. Ajuizou ação para o não-pagamento dessas ligações internacionais, com pedido de tutela antecipada para que a sua linha telefônica não fosse cortada. A tutela foi concedida e a ação foi julgada procedente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MELHOR DO MUNDO
Modric bate CR7 e Salah e é eleito melhor do mundo
COTAÇÕES
Dólar avança e fecha a R$ 4,08 após três quedas seguidas
VEÍCULO RECUPERADO
Ação conjunta recupera veículo furtado e prende homem com mandado de prisão
TEMPO
Chuva volta, mas Inmet alerta sobre baixa umidade em MS
DOURADOS
Justiça mantém flagrante, mas concede liberdade a suspeita de alterar cena do crime
THE BEST
Marta é eleita melhor jogadora do mundo pela sexta vez
RISCO DE ACIDENTES
Mais de 1,5 mil objetos são retirados de rodovia por mês
CAARAPÓ
Prefeito cassado por compra de votos diz que deixa prefeitura de "cabeça erguida"
TRT
Semana de Execução termina com R$ 2,3 milhões pagos aos trabalhadores em MS
BRASIL
Bolsonaro tem progressão dos movimentos intestinais, diz boletim

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
DOURADOS
Adolescente é encontrado baleado na rua e morre no HV
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital