Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Tapa-buraco é mantido e próximo será recapeamento, diz prefeito

23 maio 2011 - 17h00

Com a cidade praticamente tomada pelos buracos, a Prefeitura de Dourados realizou de março até agora uma verdadeira força-tarefa para recuperar as vias públicas através do tapa-buraco, recapeamento de alguns pontos críticos e patrolamento e cascalhamento de ruas não pavimentadas.



Todo o serviço está sendo executado com recursos próprios. “Quando assumimos, determinamos uma economia de 30% nos gastos da prefeitura para poder arcar com essas despesas”, afirmou o prefeito Murilo Zauith, que no dia 2 de junho completa cem dias no cargo.



Nas vias da área central, no quadrilátero Aquidauana/Eulália Pires e Ponta Porã/Cuiabá, as equipes da empresa contratada pelo município tiveram que passar duas vezes com o serviço de tapa-buraco, o mesmo ocorrendo na Hayel Bon Faker e outras vias de maior fluxo. O trabalho seguiu também para a Fernando Ferrari, Mozart Calheiros, acesso ao aeroporto, ao parque de exposições e outros trechos.



O prefeito disse que o tapa-buraco é necessário devido à situação em que as ruas se encontravam, mas afirmou que o problema só será resolvido com um recapeamento completo devido à deterioração do asfalto. “Estamos fazendo o tapa-buraco para garantir mais segurança e conforto aos moradores. É apenas uma medida paliativa. Na próxima etapa vamos fazer o recapeamento das principais ruas”, anunciou.



Patrolamento

Desde fevereiro, a prefeitura levou serviços de patrolamento e limpeza às proximidades do túnel do Parque das Nações I e II, no Estrela Verá, no Jóquei Clube, prolongamento da Avenida Marcelino Pires, ao corredor público próximo ao Jóquei Clube, à Vila Cachoeirinha, à linha de ônibus no Jardim Novo Horizonte e Primavera, ao Jardim Guaicurus e outros pontos.



Através da Semsur, a prefeitura executou serviços nos túneis de ligação do Parque das Nações I e II, com limpeza da tubulação de águas pluviais, recuperação dos tampões das bocas de lobo, instalação de iluminação elétrica e abertura de valas para o escoamento da água das chuvas, evitando inundação.



Na região do Brasil 500 e extensão do córrego Rego D’Água, a Semsur fez a limpeza completa com a retirada de um grande volume de entulhos – foram 580 carregamentos. Além disso, para facilitar o serviço de poda de árvores, foi reativado um triturador de galhos do município, que evita o acúmulo desse produto em vários pontos da cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Giovanna Ewbank encanta de topless nas Maldivas
REGRAS FLEXÍVEIS
Órgão do MPF diz que novo decreto sobre armas pode favorecer milícias
CAMPO GRANDE
Homem aceita se encontrar com marido de colega e é agredido a pauladas
INVESTIGAÇÃO
Queiroz pagou R$ 133 mil em dinheiro por cirurgia em hospital de SP
LADÁRIO
Com motorista refém no MT, casal é preso tentando levar carreta para Bolívia
BRASIL
Governo federal estuda aluguel social no Minha Casa Minha Vida
TESTE FÍSICO
Está entre os concurseiros que farão o TAF? Confira dicas para se dar bem
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Polícia recupera espingardas e 850 munições furtadas de fazenda
GERAL
Justiça eleitoral cancela 2,4 milhões de títulos de eleitor em todo País
ANASTÁCIO
Dupla é presa com 193 quilos de maconha que seriam entregues na Capital

Mais Lidas

APÓS INVESTIGAÇÃO
Polícia conclui que atentado registrado por vereadora foi acidente de trânsito
VILA CACHOEIRINHA
“Boca” é fechada, mulher é presa e diz traficar pelo baixo valor do salário mínimo
TRÁFICO
Motorhome com destino a São Paulo é apreendido com mais de 4 toneladas de maconha
MS-156
Dupla é presa pela PF com pistolas entre Dourados e Itaporã