Menu
Busca Segunda, 20 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221
Corpal Novo site

Suspensa mais uma auto-escola suspeita de venda de CNH

10 Junho 2008 - 11h16

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) de Mato Grosso do Sul suspendeu nesta terça-feira mais uma auto-escola suspeita de venda de CNHs (Carteira Nacional de Habilitação).

Além da auto-escola Aliança, em Campo Grande, não pode mais entrar com pedidos de autorizações para novas habilitações a auto-escola Vinicius, em Sidrolândia, cidade que fica a 68 quilômetros da Capital. A empresa estava sob investigação do Detran, assim como a Defensiva e Nossa Senhora Aparecida, ambas de Sidrolândia. Como foram encontrados indicios de fraude, foi bloqueada.

Nas investigações feitas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) há gravadas conversas telefônicas entre o proprietário da auto-escola, Gentil Ferreira da Silva, e o terceiro sargento da Polícia Militar, Henrique Holland. Silva disse que não tem envolvimento com o esquema de comercialização de CNHs e que nunca fez qualquer procedimento para emissão do documento em São Paulo. A auto-escola funciona há cinco anos.

Declarou ainda que ficou sabendo da investigação pela imprensa e que ainda não foi notificado oficialmente sobre a suspensão. O responsável da auto-escola Aliança não foi encontrado e na empresa a reportagem foi informada que somente ele poderia falar sobre o assunto.

De acordo com o Campo Grande News, as auto-escolas podem ficar com as portas abertas, mas somente para orçamentos e informações. O Detran faz uma varredura no sistema destas auto-escola para verificar se há mais indicios de que elas estejam envolvidas com o esquema de venda de habilitações, emitidas através do Ciretran de Ferraz de Vasconcelos, em São Paulo.

Por enquanto não foram verificados indicios de envolvimento de funcionários do Detran-MS nem de outras auto-escolas. O esquema de comercialização de CNHs foi desmantelado no início deste mês com a deflagração da operação Carta Branca, em São Paulo, onde várias pessoas foram presas. A ação é resultado de mais de um ano de investigações da PRF e MPE (Ministério Público Estadual) de São Paulo que teve início em Mato Grosso do Sul.

Os policiais desconfiaram da grande quantidade de motoristas com documentação emitida em São Paulo e acionou o MPE que verificou a fraude. As emissões irregulares custavam até R$ 2,5 mil e eram concentradas no Ciretran de Ferraz de Vasconcelos. Auto-escolas e funcionários de Ciretrans recebiam para emitir CNH a pessoas que não passavam por exames médicos, piscicologicos nem qualquer teste teórico e prático.

As CNHs eram emitidas para Mato Grosso do Sul e mais oito Estados, além de São Paulo. Aqui no Estado, o policial militar era uma das pessoas que “aliciavam” clientes para auto-escolas. Ele, que já está preso, aparece em interceptações telefônicas feitas pela PRF conversando com Bento de Souza, funcionário de uma auto-escola, sobre pessoas que teriam comprado a CNH com ele, mas que teriam sido reprovadas no exame médico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Isis Valverde posa de lingerie em montanha
REGIÃO
Governador entrega investimentos e anuncia reconstrução do balneário municipal em Caarapó
ESPORTE
Bonito receberá última etapa do estadual de Beach Tennis
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão vai debater cobrança por bagagem despachada
ITINERANTE
Carreta da Justiça inicia atendimentos na comarca de Figueirão
CONSCIÊNCIA NEGRA
Mais da metade da população brasileira se autodeclara como preta e parda
CAARAPÓ/AMAMBAI
Antes intransitável, reconstrução da MS-156 avança
DEFESA DO CONSUMIDOR
Na Capital, Procons vão orientar consumidores e fiscalizar lojas na Black Friday
TRABALHO
Caged de outubro indica saldo de 76 mil empregos, melhor resultado do ano
BRASILEIRÃO
Fluminense vence a Ponte e confirma vaga na elite

Mais Lidas

CENTRO
Ladrões invadem e furtam R$ 52 mil de loja em Dourados
DOURADOS
VÍDEO: Sucuri de mais de 3m é resgatada sobre cerca no Arnulpho
DOURADOS
"Quebra-vidraças" são apreendidos por furto e vandalismo
TRÁFICO
PF apreende em Recife droga que saiu de Dourados